Duelo cauteloso contra o Paraná

| 0 comentários
O Paraná será o primeiro adversário do Avaí na temporada de 2017. Na noite desta quarta-feira, o Leão da Ilha estreia na Primeira Liga diante do rival paranaense e vai em busca da vitória. Para a partida, marcada para o estádio Durival de Britto, Betão prevê um duelo cauteloso. Na avaliação do zagueiro, a competição nacional vai ajudar o time de Florianópolis a se preparar bem para todos os torneios previstos no calendário do ano.
- O Paraná sempre foi um time complicado de jogar fora de casa. Ainda não foi passado a formação exata da equipe deles, mas acredito que será um jogo típico de início de temporada, com as duas equipes cautelosas. No meu entender, a Primeira Liga faz parte da preparação das equipes. Óbvio que todos querem iniciar o ano com boas apresentações e ainda mais com um título, mas vale mais a preparação do time para a sequência de jogos do ano, encaixe de marcação, conhecer os novos companheiros, do que propriamente o título.
Apesar do pouco tempo de preparação, Betão confia em uma equipe pronta para o jogo diante do Paraná. O ápice, segundo ele, será atingido durante a competição.
- Aqui no Brasil o tempo que se tem para preparação é curto. Não sei se podemos dizer que estamos 100% preparados, mas fizemos o melhor trabalho dentro do possível e o 100% chegará na competição. É curto o tempo de preparação. A comissão técnica trabalhou já com base nisso. Se o calendário é esse, temos que encarar e fazer o nosso melhor.
Paraná e Avaí se enfrentam na noite de quarta-feira, 25 de janeiro, às 19h. O encontro entre paranaenses e catarinenses é válido pelo Grupo D da Primeira Liga, que ainda conta com Figueirense e Londrina. via Globo Esporte

Apresentação do elenco e uniforme 2017

| 0 comentários
O Avaí Futebol Clube convida toda a nação avaiana para participar do evento de lançamento dos novos uniformes 2017, desenvolvido pela nova fornecedora de material esportivo, a inglesa Umbro. O evento ocorrerá na próxima quinta-feira, 26 de janeiro, no Estádio da Ressacada, em frente ao Setor A, aberto ao público, com início às 19h30min.
Além do lançamento dos novos uniformes, teremos também a apresentação de todo o elenco e o lançamento do livro dos 100 anos do Riachuelo “Desde Jutaí e Juruá: Uma História Centenária”, de Denise Becker. Durante o evento, haverá sorteio de brindes e interação com a torcida presente.
A nova linha de material esportivo resgata os primeiros anos do clube, especialmente no que diz respeito à parceria entre Avaí e o Clube Náutico Riachuelo, na década de 20. A presença da nação avaiana em peso fará com que essa festa fique completa! via Avaí FC

Seja bem-vinda @UmbroBrasil

| 0 comentários

Avaí faz treino e viaja para Curitiba

| 0 comentários
Nesta manhã de hoje o Avaí realizou um treino técnico em Paranaguá-PR. O trabalho visou a finalização e jogadas de linha de fundo. A atividade foi bastante movimentada e com a presença de todos do elenco. Caio César, Lucas de Sá e Gustavo não foram com o grupo e realizaram trabalhos no hotel. O Leão se aproxima da estreia na Copa da Primeira Liga, na quarta-feira (25) frente ao Paraná. Na tarde de hoje a equipe se desloca de Paranaguá para a cidade de Curitiba. via Avaí FC

Concorrência sem vaidade

| 0 comentários
Se em 2016 o lateral direito Alemão foi a principal peça do Avaí no setor, para essa temporada a concorrência será acirrada. Com quatro jogadores disponíveis para o técnico Claudinei Oliveira, Alemão não deve ter vida fácil para ser titular, principalmente com a chegada de Leandro Silva.
Nome de confiança no acesso à Série A, Alemão foi titular em boa parte da campanha na Segundona. Para 2017, com necessidades diferentes ao longo da temporada, o Leão contratou Leandro Silva, do rival Figueirense, e também tem Gustavo Santos e Léo. 
- Não tem vaga garantida, temos quatro laterais direitos, todos têm condições de jogar, é trabalhar forte, dar o máximo, é boa essa competição interna. Chegou o Leandro, tem o Gustavo, o Léo, quanto mais jogadores de qualidade, melhor para todos. Aumenta o nível de competição e isso é melhor.
Principal nome para brigar pela titularidade com Alemão, Leandro Silva tem sido bem recebido pelos companheiros. A busca pela vaga é, segundo o jogador, dentro de campo. Fora dos gramados, é preciso ter uma relação positiva.
-  É tranquilo, o Leandro chegou, foi bem recebido, conversou com a gente no vestiário, brincamos bastante, isso tem que ser em campo, uma busca pela posição, não precisa ter vaidade, cada um é respeitar o momento do outro, a competição interna é importante, mas temos que deixar para dentro de campo. via Globo Esporte

Avaí deve manter formação para estreia

| 0 comentários
O Leão está prestes a fazer sua estreia em competições oficiais no ano de 2017 - e já tem especulação sobre o time que entra em campo pela primeira vez. Para o jogo contra o Paraná, na próxima quarta-feira (25), Claudinei Oliveira declarou que a equipe terá os mesmos titulares que saíram derrotados pelo Rio Branco por 2 a1, no amistoso ocorrido no último sábado.
- A princípio, mexo só o posicionamento, sem mexer os jogadores. Esses atletas podem nos dar um resultado melhor, talvez ajustar o posicionamento de um jogador para termos mais eficiência ofensiva.
O  Leão terá Kozlinski; Alemão, Gustavo, Betão e Capa; Judson, Luan, Diego Jardel e João Paulo; Denilson e Romulo. M10 ainda não joga, poupado, além de Denilson, Junior Dutra e o goleiro Douglas.
Na manhã de ontem o Avaí realizou treinos nas dependências do hotel onde está hospedado em Paranaguá-PR. Quem atuou por mais de 45 minutos no amistoso fez treinos regenerativos de prevenção a lesões. Os demais atletas fizeram treinos técnicos e físicos.
A equipe volta a treinar na manhã de hoje. Após o almoço a equipe viaja para Curitiba, onde estreará na Primeira Liga, contra o Paraná, a noite de quarta-feira (25). via Infoesporte

Avaí viaja ao Paraná

| 0 comentários
O Avaí viajou nesta sexta-feira para o Paraná, local dos dois próximos compromissos. No sábado, encara o Rio Branco, em Paranaguá, em duelo amistoso. Depois, na quarta, a primeira partida oficial, diante do Paraná Clube, pela Primeira Liga. Na relação de atletas, a principal ausência é Marquinhos, preservado para a estreia do Campeonato Catarinense. Os recém-contratados Douglas, Marcelinho e Júnior Dutra também não embarcaram.
A intenção do técnico Claudinei Oliveira é utilizar o Galego diante do Criciúma, no fim de semana seguinte. Assim, o Leão vai a campo contra o Rio Branco com: Kozlinski; Alemão, Betão, Gustavo e Capa; Luan, Judson, Diego Jardel e João Paulo; Denilson e Romulo.
- O Marquinhos fez uma pré-temporada boa, fiquei satisfeito com a mobilidade, foi bem. E conversamos com o departamento médico e como temos um jogo duro contra o Criciúma no estadual, optamos por deixá-lo. Foi em consenso com a comissão, médicos, diretoria. É um planejamento semelhante ao do ano passado e sem colocar em risco a integridade dele. Tudo para aumentar o rendimento, vai ficar e fazer os trabalhos que são importantes – afirmou o treinador.
A tendência é que diante do Paraná a formação seja repetida. Claudinei quer dar sequência e projeta apenas uma única alteração contra o Criciúma, a volta de Marquinhos, provavelmente no lugar de João Paulo. Para a estreia oficial, Denilson deve ser a única novidade em relação à última temporada.
- Não posso confirmar o time para quarta-feira, temos um jogo amanhã, mas algum atleta pode ter fadiga ou lesão. E se tivermos alguém com rendimento muito abaixo, podemos mudar. Mas se tudo correr dentro da normalidade, vamos repetir a equipe. via Globo Esporte

M10 terá tratamento diferenciado

| 0 comentários
O ídolo Marquinhos Santos vai seguir recebendo  atenção especial no estádio da Ressacada. Aliás, justo. É craque, diferenciado.  O torcedor não poderá contar com o seu futebol refinado  em todos os jogos. Marquinhos Santos  não tem mais condições de seguir o calendário longo e desgastante (idade e sua cirurgia no joelho são levados em conta pelo departamento médico e fisiologia do clube).  Estrategicamente poderá ser poupados em alguns jogos. Amanhã (21) não atua em jogo-treino diante do Rio Branco e nem entra em campo contra o Paraná pela Primeira Liga na quarta. Está sendo poupado para o campeonato estadual, veste a camisa do Avaí na primeira rodada diante do Criciúma no sul do estado, sábado (28), às 17h. Fábio Machado via Notícias do Dia

Técnico monta time para amistoso

| 0 comentários
O Leão da Ilha voltou a treinar na capital, após nove dias de trabalho em Águas Mornas. Na manhã de ontem o técnico Claudinei Oliveira realizou um coletivo para definir a equipe que entra em campo no sábado (21), no amistoso contra o Rio Branco de Paranaguá-PR.
O comandante montou o time com Kozlinski; Alemão, Gustavo, Betão, Capa; Luan, Judson, Diego Jardel; João Paulo, Denilson e Romulo. O meia Marquinhos Santos treinou no grupo reserva. Hoje o grupo volta a treinar no período da manhã. Após os trabalhos o elenco embarca para o Paraná, onde permanece até a estreia pela Copa da Primeira Liga, no dia 25. via Infoesporte

Avaí analisa destaques da Copinha

| 0 comentários
Após encerrar as contratações para o início da temporada, ao menos até o começo do Brasileirão, o Avaí deve recorrer às categorias de base para reforçar o grupo que terá, no primeiro semestre, o Catarinense, a Primeira Liga e a Copa do Brasil. Segundo o gerente de futebol do Leão, Agnello Gonçalves, ao menos quatro atletas estão estão bem cotados para integrar o grupo profissional.
Mesmo eliminado nas oitavas de final da Copinha, o Leão deixou uma boa impressão para o corpo técnico do time profissional. Segundo o gerente de futebol, o lateral-direito Guga, o volante Wesley e os atacantes Getúlio e Vinícius Baiano têm boas chances de irem à equipe profissional.
- Devemos ter uma reunião e, aí sim, tentar uma perspectiva para esses jogadores. Não adianta ficar conosco sem jogar. Vamos mensurar o que será melhor para o futuro. A gente acompanha eles durante o ano (2016) e sabe que eles podem dar de retorno em cima (nos profissionais). São jogadores que chamaram atenção. O Baiano, o Getútlio, o Wesley e o Guga são jogadores que a gente já viu ao longo do último ano e a Copinha era uma forma de analisar esse grupo.
Além de aproveitar os jovens no time principal, o clube irá analisar todos os jogadores do grupo que disputou a Copinha. Alguns atletas poderão ser emprestados para ganhar mais experiência.
- Eu estive muito tempo na base, entendo como funciona esse processo de transição da base para o profissional ao longo do ano passavam jogadores do sub-17 e do sub-20 para o profissional, um processo de adaptação. A Copa São Paulo da uma notoriedade muito grande, um nível competitivo muito alto, um momento de analisar os jogadores. Já fomos com alguns atletas que estávamos com a ideia de compor esse grupo. A intenção é, nesse momento, para rodar, talvez emprestar alguns nomes. Temos um projeto para esses meninos da base. A perspectiva real dos jogadores para estar conosco para que possam adquirir mais experiência. via Globo Esporte

Avaí encerra período de contratações

| 0 comentários
Não entra  mais ninguém - ao menos, até o Brasileirão. Essa foi a informação que o gerente de futebol avaiano, Agnelo Gonçalves, confirmou nesta quarta-feira. O dirigente voltou a tocar num ponto bastante repetido pela diretoria: o orçamento baixo para 2017.
- A gente tem um orçamento bem enxuto, o nosso planejamento era fazer um time bem enxuto, mais baixo para o estadual, para ter uma reserva financeira, uma vez que o presidente acenou que a importância principal é a Série A. Assim teremos uma reserva boa para o Brasileirão.
O Avaí fez 8 contratações para esta temporada:
- Douglas Fredrich, goleiro (veio do Grêmio e pertence ao Corinthians);
- Leandro Silva, lateral-direito (veio do Figueirense)
- Gustavo, zagueiro (veio do Bahia)
- Salazar, zagueiro (ex-Ceará, pertence ao Barra-SC)
- Ferdinando, volante (veio da Portuguesa)
- Denílson, atacante (veio do Fluminense)
- Marcelinho (veio do Delhi Dynamos, da Índia)
- Júnior Dutra (veio do Vasco) via Infoesporte

Marcelinho está empolgado

| 0 comentários
O novo reforço do Avaí desembarca hoje na Ressacada com um passaporte de dar inveja a muitos viajantes. Aos 29 anos, o atacante Marcelinho quer mostrar que, no Brasil, também pode jogar a mesma bola que o tornou conhecido em países periféricos do mundo do futebol, como a Grécia e a Índia. Formado no Flamengo, ele nunca jogou a Série A, mas acredita que, no Leão, terá tudo para cair nas graças do torcedor.
- Eu fiz a minha base no Flamengo. Não tive oportunidade de demonstrar meu valor na equipe profissional. Como sou atleta comunitário (nacionalidade europeia), eu preferi arriscar fora do país. Tive uma passagem muito rápida pela Espanha. Depois eu fui para a Grécia, onde cresci como homem e como jogador. Fiquei, se eu não me engano, cinco ou seis anos lá, minha filha nasceu na Grécia, eu falo grego, tenho muito carinho pela Grécia e foi onde eu tive, praticamente, meu auge na carreira. Depois, fui vendido para os Emirados Árabes.
Antes de assinar com o Leão, o jogador andou bastante pelos clubes do exterior. Na Europa, teve passagens por Espanha, Grécia e Itália. Na Ásia, atuou no Baniyas, dos Emirádos Árabes, e no Delhi Dynamos, seu último clube. Na equipe indiana, jogou ao lado do francês Malouda, contratado para ser o destaque do time. No entanto, foi o brasileiro que atraiu os holofotes e foi considerado o grande craque da equipe, sendo eleito o melhor da competição. Mesmo assim, o atacante garante que o tempo atuando ao lado do astro internacional foi importante para o seu amadurecimento.
- Eu não tenho palavras para descrever o quanto ele é um jogador bom e como pessoa também. Uma pessoa humilde. Um cara extraordinário. Se você fala com ele, é muito aprendizado.
O atleta se define como um jogador ofensivo, que pode desempenhar diferentes papéis no ataque: pelos dois lados do campo ou como um camisa 9 de mobilidade.
- Estou muito feliz com essa confiança que o treinador e o presidente estão depositando em mim. Eu vou chegar na pré-temporada e trabalhar o mais forte possível para estar pronto logo. Tenho certeza que vou arrebentar e que o Avaí vai ter um ano vitorioso. via Diário Catarinense

Fim da pré-temporada em Águas Mornas

| 0 comentários
O Leão da Ilha encerrou a estadia na cidade de Águas Mornas, nesta manhã de quarta-feira (18). A equipe se despediu do Águas Mornas Palace Hotel e retornou para Florianópolis. Os atletas ganharam o período da tarde de folga. Durante a manhã os jogadores que participaram dos 45 minutos iniciais do jogo-treino contra o Almirante Barroso, realizaram atividades de prevenção a lesões e trabalhos na piscina, os demais fizeram atividades técnicas em campo reduzido. Na quinta-feira (19) o elenco se reapresentará na Ressacada. A atividade está marcada para iniciar às 10h. A coletiva de imprensa ocorrerá ao final do treinamento, na sala Dr. Tullo Cavallazzi. via Avaí FC

Avaí deve segurar contratações

| 0 comentários
Depois de contratar os atacantes Marcelinho e Júnior Dutra, que é aguardado nesta quarta-feira para exames médicos, o Avaí deve encerrar, ao menos até o final do Catarinense 2017, o período de contratações. De acordo com o gerente de futebol do Leão, Agnello Gonçalves, o clube irá analisar o mercado e pensar no Brasileirão para ter reforços “pontuais”.
- No momento, sim. A gente tem um orçamento bem enxuto, o nosso planejamento era fazer um time bem enxuto, mais baixo para o estadual, para ter uma reserva financeira, uma vez que o presidente acenou que a importância principal é a Série A. Assim teremos uma reserva boa para o Brasileirão.
Até o momento, confirmada a contratação de Júnior Dutra, o Avaí chega a oito reforços para o Catarinense e a Primeira Liga, mais boa parte da base de 2016 mantida para a nova temporada. A conduta é parte do planejamento do clube.
- Vamos ficar atentos ao mercado interno e principalmente no mercado sul-americano para o Brasileiro. Vamos olhar bem os estaduais e aí dar um tiro mais certeiro.
O goleiro Douglas Fredrich, o lateral Leandro Silva, os zagueiros Gustavo e Salazar, o volante Ferdinando, e os atacantes Denílson e Marcelinho - além de Júnior Dutra. Esses são os reforços para a temporada 2017. O Avaí estreia na Primeira Liga contra o Paraná, dia 25, no estádio Durival de Britto. No estadual, o Leão joga no sábado, às 17h, contra o Criciúma fora de casa. via GE

Como o Avaí está se preparando

| 0 comentários
Time-base - Kozlinski (Douglas), Alemão (Leandro Silva), Gustavo Schiavoni, Betão e Capa; Judson, Luan, Diego Jardel e Marquinhos; Romulo e Denilson (Marcelinho).
Preparação - O Avaí já fez dois jogos-treino. O primeiro deles foi contra o sub-17 do próprio Leão e terminou 3 a 0 para os profissionais. O segundo jogo foi ontem, com o resultado de 1 a 0 para o Avaí diante do Barroso. O Avaí ainda vai enfrentar o Rio Branco, em Paranaguá, no dia 21.
Estreia - Na Primeira Liga, será contra o Paraná, em Curitiba, no dia 25. No Campeonato Catarinense, o primeiro desafio é diante do Criciúma, fora de casa, no dia 28.
O que mudou em relação a 2016 - O Avaí perdeu alguns titulares, como o goleiro Renan, Fábio Sanches, João Filipe e Renato, mas manteve boa parte do elenco que subiu à Série A, entre eles o técnico Claudinei Oliveira. Dos que chegaram até agora, destaque para Gustavo, Leandro Silva e o atacante Marcelinho. via Diário Catarinense

Atacante com um pé na Ressacada

| 0 comentários
Agora falta muito pouco. Júnior Dutra, que esperava conseguir a rescisão amigável com o Vasco para acertar com o Avaí, conseguiu finalizar o processo junto ao clube carioca e agora tem data para chegar em Florianópolis e assinar o contrato: nesta quarta-feira, dia 18, o atacante deve fazer os exames e firmar compromisso com o clube azurra.
Com 28 anos e tendo iniciado sua carreira no Santos, Júnior Dutra chamou atenção ao atuar pelo Atlético-PR. Em 2008 o atacante fez uma boa temporada pelo Santo André e acabou indo para o Japão. Lá passou por alguns clubes, chegou a ser campeão da Copa Suruga em cima do São Paulo e antes de voltar ao Brasil ainda passou pelo Qatar, no Al-Arabi. via Infoesporte

Avaí vence o Almirante Barroso

| 0 comentários
Em jogo-treino encerrado pela tempestade em Santo Amaro da Imperatriz, vitória do Avaí, por 1 a 0, sobre o Almirante Barroso. O gol único do confronto preparatório para o Campeonato Catarinense foi marcado por Diego Jardel, ainda na primeira etapa. Aos 13 minutos da etapa complementar, o duelo foi interrompido e, em seguida, encerrado.
O Avaí da primeira etapa teve: Kozlinski; Alemão, Gustavo, Betão e Capa; Judson, Luan, Diego Jardel e Marquinhos; Romulo e Denilson, em um esboço do time que deve estrear na Primeira Liga e estadual, em cerca de 10 dias. Dos 11, nove são remanescentes e apenas dois novos jogadores. Um deles, Denilson, foi responsável pelo cruzamento para o gol de cabeça de Diego Jardel, aos 15min. 
Na etapa final, o Leão voltou a campo com uma equipe totalmente modificada, menos o arqueiro - Koslinski seguiu na meta: Leandro Silva e João Paulo nas laterais, e Salazar e Mauricio na zaga. Ferdinando, Lucas de Sá, Caio César e Gustavo no meio, e Santarém e Vitor no sistema ofensivo. 
Já o time do Almirante Barroso, comandado por René Marques, entrou em campo com Rodolfo; Rodolfo Ferreira, Lucena, Téssia e Chuva; Rodrigo Couto e Van Basty; Diogo Dolem, Safira, Carlos Henrique; Schwenck. via Globo Esporte

FCF antecipa estreia do Avaí

| 0 comentários
A estreia do Leão da Ilha no Campeonato Catarinense de 2017 foi antecipada. Anteriormente marcada para às 19h30 de domingo (29), a partida entre Criciúma e Avaí foi antecipada para o sábado (28), às 17h. O local, Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, foi mantido. De acordo com a Federação Catarinense de Futebol, a mudança atendeu ao pedido da emissora detentora dos direitos de transmissão. via Infoesporte

Marcelinho, novo atacante do Avaí

| 0 comentários
Marcelo Leite Pereira, canhoto, 1,73m. Ex-promessa do Flamengo ao lado de Renato Augusto e Bruno Mezenga. Passagem pela Espanha, Grécia, Emirados Árabes e Índia. Golaço contra o time de Zico (assista ao vídeo) e prêmio de melhor jogador da liga indiana em 2016. O currículo de Marcelinho é desconhecido para a maioria dos brasileiros, mas é com esse histórico que o atleta chega ao Avaí.
No início da década, Marcelinho jogou ao lado de Renato Augusto e Bruno Mezenga. Deixou o país em 2007 a contragosto quando o Rubro-Negro o negociou com o Atlético de Madrid B. Trilhou o caminho de muitos atletas do futebol e rodou o mundo até brilhar na Índia com a camisa do Delhi Dynamos, treinado por Gianluca Zambrotta, ex-lateral do Milan.
Em 2016, ele balançou a rede 10 vezes e levou o Golden Boot, prêmio de melhor jogador da liga indiana (vencido anteriormente por Elano e Stiven Mendoza). A escolha é feita com base em um ranking que contabiliza gols, assistências e minutos jogados.
No time indiano, atuou ao lado de Florent Malouda, francês com passagem pelo Chelsea. O europeu era  o "líder", atleta com salário acima dos companheiros - outros times têm Forlan, Sissoko, Lúcio. Pesou o desejo de voltar ao Brasil, onde vestiu as camisas do Flamengo, Vitória, Ipatinga e Anápolis.
- Minha esposa gostaria muito que eu mostrasse meu valor no Brasil para juntar como fato da nossa filha pequena estar com três anos e podermos morar na nossa terra natal, junto ao fato do Brasil não conhecer o Marcelinho - falou o jogador em novembro do ano passado.
Pelo Avaí, a contratação por uma temporada é encarada como uma oportunidade. Marcelinho se encaixa no perfil desejado, que pode atuar pelos dois lados do campo e com poder de definição. Para acertar, o Leão chegou a conversar com Zico, que treinou o FC GOA, e ouviu boas recomendações.
Outro fator importante para a chegada de Marcelinho é o fato do atleta ter passaporte europeu. Com isso, há a possibilidade de uma futura venda. O atual ataque do Avaí é composto por muitos atletas jovens e a contratação de um nome mais experiente era um desejo de Claudinei Oliveira. O Leão ainda procura uma camisa 9 com característica de mobilidade e está próximo de um acerto com Júnior Dutra, ex-Vasco. via Globo Esporte

A mais nova contratação do Avaí

| 0 comentários
O atacante Marcelinho, de 29 anos, é o mais novo contratado do Avaí para a temporada 2017. O jogador vem do futebol indiano, onde atuava pelo Delhi Dynamos. A informação foi divulgada pelo comentarista e colunista Rodrigo Faraco e confirmada pela rádio CBN/Diário. O seu contrato com o clube irá até o fim da temporada.
O atleta passará por exames médicos antes de ser apresentando oficialmente pelo clube. Marcelinho começou a carreira na base do Flamengo e depois rodou por times da Espanha, da Grécia e alguns menores do Brasil. No último ano, atuou no futebol indiano, onde se destacou no Delhi Dynamos. 
O elenco do Avaí segue em sua pré-temporada em Águas Mornas, na Grande Florianópolis. No sábado, o elenco principal fez um jogo-treino contra a equipe sub-17 do Leão. O jogo terminou 3 a 0 para os profissionais, com dois gols de Denilson e um de Rômulo. via Diário Catarinense