Avaiano, prepare o seu coração

|
Faltando nove rodadas para a conclusão da série B, cinco clube entram alinhados para entrar no hall da fama do futebol brasileiro. Fama e milhões que só são possíveis no grupo de elite do esporte mais amado do país. Pela ordem atual na tabela do campeonato, Ponte Preta, Vasco, Avaí, Joinville e Ceará lutam para não ser o infeliz defenestrado do G4 na rodada derradeira desta temporada.
Foto Gazeta Press
Amanhã o Avaí vai ao Serra Dourada para enfrentar o "remediado" Atlético/GO, adversário que se não luta pelo acesso e nem contra a queda para a terceirona, creio pensar em terminar a competição de maneira honrada. É a possibilidade que resta a esse grupo de profissionais para alinhavarem contratos melhorzinhos para o ano que vem.
A melhor parte desta 30ª rodada é que JEC e Ceará se "matam" no estádio da prefeitura de Joinville, possibilitando ao Avaí se distanciar um pouco mais e alcancar a tranquilidade tão necessária para esse momento. Claro que Geninho só pensa na vitória, pois o saldo de bobeiras digeríveis já foi esgotado nas derrotas para Náutico e ABC, o que não estava no roteiro de ninguém.
Felizmente o Avaí conseguiu fazer os três pontos diante do Icasa e assim retornar para o G4. Vitória com futebol titubeante, jogadores abaixo de seu rendimento normal e cobranças saudáveis entre entre elenco e comissão técnica. Aliás, li uma entrevista onde Eduardo Neto diz que "jogar bonito não interessa", o que importa são os três pontos. Acho engraçado quando um jogador brasileiro fala isso, como se a nossa realidade técnica permitisse que algum time ou jogador tivesse essa possibilidade de escolha.
Por isso, jogando do jeito que dá, extraindo o máximo dos pulmões e levando a musculatura das pernas ao limite do permitido, é que os TOP 5 tentarão expulsar um passarinho desse ninho de sonhos. De agora até o final de novembro saberemos quem são os homens e os meninos entre esses cinco adversários. Com pouca inspiração, mas muita transpiração, aí vem uma reta final de fortes emoções. Haja coração para o sempre quase infartando torcedor avaiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário