A parte que cabe a cada um

|
"Estamos vivos, muita luta, dificuldade. Fizemos nossa parte. Agora é descansar e jogar nossa última decisão contra o Vasco" foram as palavras de Eduardo Costa após a vitória do Avaí sobre o Santa Cruz. Ainda no Arruda, Marquinhos declarou que confia na presença maciça do torcedor na Ressacada para a partida decisiva contra o Vasco da Gama: "O torcedor vai fazer a parte dele".
Conforme comentei aqui ontem, diretoria, comissão técnica e principalmente os jogadores aproveitam o momento emocional onde há um objetivo comum e uma grande esperança em relação ao acesso, para criar um clima de união geral, todos em torno do mesmo sonho e que pode ser alcançado se cada um fizer a sua parte. A parte do torcedor é ir lá e... torcer. Reclamar, cobrar algo pendente do passado, alguma coisa que deixou de ser feita na série B, isso não!
Foto Aldo Carneiro Pernambuco Press
Entre os 500 mil fãs azurras, uma multidão em potencial apontada por todos os institutos de pesquisa e mal aproveitados pelos dirigentes, certamente temos 100% de apoio para que esse grupo crave o Avaí na série A de 2015. O clube vê sua cota de TV saltar de R$ 3 milhões para R$ 23 milhões e os torcedores passam a ter visitantes ilustres em sua casa, o que garante espetáculos de futebol bem mais agradáveis que esses da segundona nacional.
Entretanto, é importante que Marquinhos, Eduardo Costa e todos que venham a fazer chamamentos saibam que foram eles que "conquistaram" 53% de aproveitamento nestas 37 rodadas, o que projeta míseros 18% de chances de acesso. Isso é fruto do trabalhos deles, da capacidade técnica deles, da responsabilidade deles, e não dos cerca de 4.900 teimosos que foram à Ressacada a cada compromisso do Leão.
Se esse mesmo time vencer o Vasco, se Boa Esporte e Atlético/GO tropeçarem em suas partidas, e se tudo isso resultar no acesso, parabéns, vocês venceram. Alcançaram o objetivo maior da temporada e merecerão os aplausos do público. Se não, ponham seus rabos entre as pernas, tirem um mês de férias para refletir sobre suas vidas profissionais e voltem como atletas - e não meros jogadores - para o mercado do futebol. A maioria de vocês, para o Avaí, espero que não.

7 comentários:

Sérgio disse...

Gostei do texto principalmente da parte final. Sim,nós não esquecemos de nada se é isso que eles pensam!

Serginho_JEC disse...

Professor KMARAO foi muito gentil dando este percentual de chances ao Bvai. Acho q nao ganha do Vasco que virá mordido pelas 5 buchas do turno.
Tá mais facil o America MG subir q o Bvai, isso é certeza.

Roberto Demoro disse...

Parabéns pelos comentários,você está absolutamente certo ! Não vamos nos iludir.
A diretoria tem que pensar no planejamento de 2015!

Grande abraço nação Avaiana.

George Porto disse...

Parabéns pela lucidez das palavras pq o torcedor é apaixonado mas não é burro. Não gostaria de ver 90% desse plantel no Avaí do ano que vem e TODOS os cartolas responsáveis pela formação dele.

Boto disse...

Era só o que me faltava, bailarina se pagando pra cima da gente.

Sergio Nativo disse...

Não vamos nos iludir. O time é inconstante e se conseguir o acesso o parabéns tem que ser dado aos 4900 teimosos torcedores.

Rodrigo de Avila disse...

O tolo do Jec ficou , 27 anos sem nada e agora fica todo bobo .

Postar um comentário