Brasileiros torcendo para estrangeiros

|
"Vá a um bar que passe jogos de futebol numa quarta-feira, num shopping ou num evento informal qualquer. Você verá alguém com uma camisa de um time estrangeiro. Porém, qual o motivo dessa “invasão” que fazem os torcedores mais jovens preferirem os times europeus? São vários fatores que têm deixado o futebol brasileiro mais pobre em relação à concorrência europeia, além do fácil acesso às informações e transmissão dos jogos. Mais ricos, com jogadores badalados e com espetáculo melhor, o futebol europeu tem, ainda que sem querer, enterrado o futebol brasileiro.
Por que o futebol brasileiro perde apelo?
A primeira pergunta a ser feita é: por que o futebol brasileiro está cada vez mais difícil de se acompanhar? É importante ressaltar que a decadência do nosso futebol é culpa de órgãos organizadores e clubes. Existe, obviamente, um ciclo vicioso que leva uma esfera de poder a influenciar outra e ambas são culpadas. Explicamos: jogos às 22 horas, ingressos caros, falta de segurança, nível técnico baixo, camisas oficiais caríssimas e clubes que não honram seus compromissos com os atletas, são ingredientes que empobrecem o futebol.
Por que o futebol europeu cresce no Brasil?
Há vários motivos e o primeiro deles é o fácil acesso aos jogos. Com horários acessíveis e variedade imensa, o espectador encontra na TV a cabo um leque de opções. Já que o estádio não é uma opção, a variedade de futebol internacional na TV supre essa carência. Até a TV aberta passa jogos de clubes estrangeiros, como no caso da Globo com a Champions League. Outro fator é que nossos principais astros da seleção brasileira jogam no exterior e podem continuar sendo acompanhados pela torcida que deixaram no Brasil. Outro motivo importante é a facilidade de encontrar camisas dos clubes nas lojas físicas ou internet. O preço médio das camisas europeias chega a ser inferior ao das camisas oficiais de times brasileiros nas lojas físicas.
O 7×1 ajudou em algo?
Logo após o Brasil tomar aquela surra da Alemanha na Copa do Mundo, falou-se muito em MUDANÇA no futebol brasileiro. O que vimos na sequência foi um belo “mais do mesmo”: os problemas se repetindo e a negligência da CBF e dos clubes. Se nada for feito, essa distância entre o futebol brasileiro e sua própria torcida virará um abismo quase intransponível. E o futebol europeu preencherá essa lacuna no torcedor brasileiro." Por Fransuel Nascimento para o blog Deixa que eu manjo

Nenhum comentário:

Postar um comentário