Só a vitória nos interessa

|
A partir das 17h20 de hoje o Avaí joga seu penúltimo dado na intenção de permanecer vivo na luta pelo acesso à série A de 2015. Pega um Santa Cruz praticamente desmobilizado, uma vez que seus 52 pontos não dão muita margem de esperança para seus fiel torcedor, mas com um time talvez oxigenado pelas "malas brancas" que podem cair de paraquedas na bela Recife.
O Avaí ocupa a sexta posição na tabela, com os mesmos 56 pontos de Atlético/GO e Boa, atuais quinto e quarto colocados. Geninho sabe que só a vitória nos interessa. Também sabe que a equipe terá que jogar muito mais do que nas últimas rodadas, pródigas em apresentações desordenadas, sem inspiração técnica e normalmente regidas pela tática do bumba-meu-boi.
Foto Aldo Carneiro / Pernambuco Press
Três pontos a mais em terras nordestinas, somados a tropeços de seus adversários diretos, remete o Avaí a uma decisão épica para o sábado da semana que vem aqui na Ressacada e diante do virtual "subido" Vasco da Gama.
Geninho acena com a saída do meia "eu ainda não decidi o que quero da vida" Diego Jardel para a entrada de um volante: Revson ou Julio Cesar, quem sabe. Embora mais compactado, quero crer que o Avaí não vá para o jogo apenas esperando que o Santa Cruz tome a iniciativa oxalá improdutiva. Intensidade de marcação e aproveitamento ofensivo da bola roubada deve ser a tônica dos 11 de azul ao longo dos 90min decisivos de hoje no Arruda.
Como já foi amplamente informado, Bocão e Diego Felipe não foram relacionados para essa tarde e ficam na Ilha praticando a autoanálise profissional com vistas a temporada do ano que vem. Desta forma o Avaí deve entrar com Vagner; Marrone, Antônio Carlos, Pablo e Thiago Carleto; Eduardo Costa, Eduardo Neto, Revson (Julio Cesar) e Marquinhos; Roberto e Diego Viana.

Um comentário:

Rose+Roberto=João Marcus disse...

É, mas o confronto com o virtual subido Vasco pode virar um confronto direto, caso esse dê uma de Flu e caia pro Verdão de Cariri em pleno Maracanã.

Postar um comentário