A premiação da Copa do Nordeste

|
Cassio Zirpoli para o Diário de Pernambuco - "A premiação absoluta da Copa do Nordeste de 2015 será de R$ 11,14 milhões, somando as cotas comerciais de participação e a verba extra ofertada pela CBF. (...) O campeão nordestino desta temporada irá receber R$ 2,74 milhões, o valor agregado de todas as fases da competição junto à bonificação da CBF, de R$ 500 mil - curiosamente, no lançamento do torneio, no Recife, o presidente da confederação brasileira, José Maria Marin, prometeu um bônus maior, de R$ 1 milhão. Em relação à edição passada, o aumento é de R$ 840 mil.
Na distribuição do dinheiro há uma particularidade. Na primeira fase, com 20 times, os dois maranhenses e os dois piauienses não ganham a verba de R$ 365 mil. Sob contrato, os novos integrantes estão num período de testes, de três anos, e a liga já tinha um acordo de divisão para os 16 times originais. Portanto, os estreantes só podem receber premiação a partir das quartas de final.
Além das cotas, os clubes não terão despesas com arbitragem, viagens e hospedagens no torneio, cujo investimento total passa de R$ 15 milhões. Este ano marca a ampliação do Nordestão, de 62 para 74 jogos. As emissoras responsáveis pela transmissão, em sinal aberto (Rede Globo) e na tevê paga (Esporte Interativo), estão entre as principais responsáveis pela receita. Confira as cotas absolutas para as campanhas na Copa do Nordeste 2015:
Campeão - R$ 2,74 milhões
Vice - R$ 1,24 milhão
Semifinalista - R$ 890 mil
Quartas de final - R$ 615 mil
Primeira fase - R$ 365 mil
Total: R$ R$ 11.140.000"

Um comentário:

Guilherme Quadros disse...

Muito interessante e lucrativa essa copa, chegando as quartas já se ganha um valor superior ao que temos no catarinense.

Isso se fôssemos piauienses

Postar um comentário