Não esquecemos, não esqueceremos

|
Hoje completamos quatro meses do assassinato de João Grah, torcedor do Avaí morto na BR 101 em Balneário Camboriú, no ônibus em que estava e foi apedrejado. Algumas pessoas foram envolvidas, mas não se tem notícias de algum preso e do andamento do processo. Deve ter um processo, claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário