Que várzea se tornou o Avaí

|
Pensando no título do post que comentaria o erro administrativo bisonho cometido pelo Avaí, esse que deve selar o fim antecipado da luta pelo 17° título catarinense e jogará um elenco que custa R$ 1 milhão mensais no "quadrangular da morte", a primeira palavra que me ocorreu foi várzea.
Várzea é também o modelo de gestão-continuidade que Nilton Macedo vem implementando em várias ações (ou falta delas) que estão passando batido ao torcedor. Talvez agora fique mais claro a todos que não é coincidência que o Avaí esteja completando mais de um ano sem um patrocinador master. Quem quer ver sua marca associada a um clube que não zela nem pelo seu próprio nome?
A coletiva explicativa está marcada para as 12h30 no auditório da Ressacada. Nilton já adiantou que assumirá toda a responsabilidade, mas o que significa "assumirá toda a responsabilidade"? Como respondeu o avaiano Marcelo via Twitter, um tal de Paulo será "demitido como exemplo, porque o Avaí é coisa séria". E só. Que várzea se tornou o Avaí. Arte sobre foto de Cristiano Estrela

7 comentários:

turica disse...

Qual seria o limite de paciência do torcedor do avai? lanterna do campeonato é fichinha para essa besteira sem precedência. VERGONHA, VERGONHA,VERGONHA!

Pablo Antony disse...

Cadê o Conselho Deliberativo do Avaí? Não vai cobrar nada?

E M Í D I O J R. disse...

Não conheço Nilton João de Macedo Machado, presidente do Avaí Futebol Clube, aliás, mal conheço o síndico do meu prédio. Sei que ambos devem zelar pelo patrimônio daquilo que representam.Minha obrigação é pagar a mensalidade do Clube e a taxa de condomínio do meu apartamento. Quando não exerço tais deveres, corro o risco de ter a entrada barrada no estádio da Ressacada e, ter serviços de infraestrutura cortados na minha residência. Normal.
No entanto, o que acontece quando os gestores não arcam com suas responsabilidades? Se o zelador ou a faxineira faltam ao serviço, ou não correspondem com aquilo para que foram contratados, creio que a substituição deve ser imediata, certo?
E quando meu clube de coração não consegue certidão Negativa de Débito e perde patrocínio oficial do governo; quando este mesmo clube estampa logomarca de patrocinador durante 3 meses e não recebe um único centavo e, para piorar, não registra atleta e tem perda de pontos num campeonato onde seu rendimento é PÍFIO, o que faço? Peço a substituição do zelador e da faxineira também?
Não meus amigos. No clube é diferente. Na minha opinião, o atual presidente não possui competência para continuar no cargo. Se tiver um pingo de dignidade, assume a culpa- como fez- e pede para ir embora.
Que seja feliz exercendo a advogacia e tomara que não perca um prazo, pois lá, vai doer no próprio bolso.

George Porto disse...

QUAL É O LIMITE DA VERGONHA?
QUAL É O LIMITE DO AMADORISMO:
QUAL É O LIMITE DA PACIÊNCIA DO TORCEDOR?
FORA NILTON!!!!!!!!!!!!!!

Paulo disse...

Simples, pede mais umas férias e não volta mais !!

Boto disse...

Uma palavra: C O N T I N U I D A D E.

Unknown disse...

GERSON.......QUEM CAUSOU UM ENORME PREJUIZO AO CLUBE FOI QUEM VOTOU PELA CONTINUIDADE.........QUEM TEM QUE CALCULAR O ENORME PREJUIZO QUE DERAM AO CLUBE, FOI QUEM VOTOU PELA CONTINUIDADE !!
TEM MUITO PETISTA POR AÍ QUIETINHO......E MAIS UM MONTE APARECENDO PARA RECLAMAR DA DILMA DEPOIS DA MERDA FEITA......E SE TUDO ISTO ESTA ACONTECENDO É PORQUE FOI O QUE ESCOLHERAM E AGORA ESTAO SE FAZENDO DE TOLOS.........MAS DE TOLOS NAO TEM NADA !!

EU SIMPLESMENTE MORRO E NAO VEJO TUDO !!

Marcelo Alves

Postar um comentário