Avaí, de primeira

|
Entrevista coletiva pós-jogo de Geninho - "Acho que foi muito importante a vitória. Ela era, podemos analisar, fundamental, para que o time começasse bem, ganhasse confiança, pudesse ter daqui para frente um caminho mais calmo. Houve muita precipitação em vários lances, até que fizemos um jogo razoável, marcamos bem o adversário, praticamente chegou uma vez no meu gol.
Acho que foi um resultado importante, em um momento importante, em uma situação complicada. Espero que isso possa trazer um alívio na sequência, pois é fundamental que não seja só essa vitória, mas vitórias que nos deem uma condição de afastar esse perigo que ronda. Não é porque tivemos essa vitória, foi um bom passo, mas temos que continuar na caminhada.
Defesa forte
A melhora defensiva acabou acontecendo porque o time marcou bem. O ataque está participando melhor, o meio-campo começou a marcar melhor, conseguiu espaço, o Tinga ajuda de um lado, o Claudinei do outro, o Uelliton no meio. Estamos protegendo melhor a nossa zaga. Acho que precisa melhorar, mas é uma evolução. Uma evolução que viemos buscando.
Rendimento
Se for ver a maioria das equipes que sofreram reformulação, não todas, mas muitas estão tendo problemas, Grêmio, Cruzeiro, Atlético-MG, jogadores de muita qualidade. É a terceira vez que mantenho a base da equipe. A tendência natural é que comece a acontecer mais entrosamento, um conhecimento melhor. Acho que a maioria desses jogadores podem render muito mais do que estão rendendo. Ainda estão rendendo muito abaixo daquilo que esperávamos e esperamos.
Vitória importante ao torcedor
É fundamental. Não tinha outro resultado para hoje. Acho que se não acontecesse uma vitória, me veriam aqui numa situação muito difícil. Era uma obrigação, era fundamental conseguir. Era fundamental que iniciássemos uma outra etapa, um outro campeonato. E claro, havia essa  expectativa de como o time iria reagir. Eu falei para eles até na preleção: "Eu não tenho medo do adversário, tenho medo do nosso time, tenho medo do nosso time perder para ele mesmo".
Tivemos uma produção que fez a gente superar isso, fizemos até um bom jogo, dominamos o jogo, o torcedor em momento algum ficou com o coração na mão, sentia que tinha um time postado, bem defensivamente e tentando evoluir."

Nenhum comentário:

Postar um comentário