Avaí superior, empate ruim

|
O Avaí vinha de uma campanha catastrófica no Delfinzão e temia ver sua crise agravada diante de mais uma derrota, dessa vez diante do maior rival. O Figueirense chegava classificado para o hexagonal e temia tomar uma invertida justamente diante do maior rival. As equipes criaram oportunidades e conseguiram cada um o seu golzinho de honra. O Avaí foi melhor, o alvinegro foi salvo pelo seu goleiro, a falta de pontaria de André Lima e principalmente Renan Oliveira. Ao Leão da Ilha resta cumprir a última rodada, olhar com seriedade para o quadrangular da morte e repensar todo o trabalho já com vistas a Copa do Brasil e Série A. Foto Charles Guerra / Agencia RBS

Um comentário:

Sergio Nativo disse...

O Avaí mandou no jogo e manteve a invencibilidade de quase dois anos sobre o rival. A torcida rival temia Marquinho, estava certa. O cara fez a diferença, o gol e desandou a marcar gols em clássicos. Da-lhe M10!

Postar um comentário