Que tenham aprendido alguma coisa

|
Com "calma, profissionalismo e sigilo empresarial", como tudo o que demora a chegar na Ressacada, a direção vai soltando para os mais achegados da imprensa que está com a cara no mercado. Vira e mexe algum cronista informa que falou com o presidente, um diretor ou qualquer outra raposa felpuda das internas, e ficou sabendo que cinco ou seis reforços já estão mapeados.
Num primeiro momento o objetivo é, obviamente, aplacar a "gastura" já presente na paciência do torcedor. Num segundo ato, equilibrar as necessidades do elenco com um time que não protagonize na série A o mesmo vexame que no Campeonato Catarinense desse ano. Perspectivas para o segundo semestre? Mantendo-se o ritmo desta temporada, o pior possível, sejamos sinceros.
O desafio é que Nilton, Batistotti, Chico e Arini, os homens responsáveis pelas compras e vendas do Departamento de Futebol, tenham aprendido alguma coisas nas últimas semanas. Se manterem a "média", não há nenhuma razão para otimismo no curto e médio prazos. Foto André Palma Ribeiro AFC

3 comentários:

Guilherme disse...

Sinceramente espero que parem de trazer jogadores do Uran e principalmente, parem de trazer jogadores que já passaram pelo time do estreito. Deu!!!
Tô começando a achar que essa diretoria é mesmo muito ruim, um ano sem patrocinador master, inscrição de jogador irregular, falta de habilidade para negociação com jogadores(Willian, Léo gago, Léo Gamalho, Esquerdinha, Dagoberto, Jorge Henrique...)
Guilherme Santos

Aloísio Campeche Silveira disse...

Aprender?!...difícil, estamos falando de pessoas que acreditam que estão fazendo tudo certinho, apesar da humildade com que se expressam (que acredito até seja sincera). Eles estão convíctos de que estão no caminho certo (haja), então se mantiverem as características de sempre "adeus tia chica que eu já vou m'imbora". Série B, Catarinense, parece que a nossa torcida está fadada a sofrer com o excesso de cautela (medo) para empreender mudanças que trariam, com toda a certeza, o bom futebol, títulos, torcida em campo (mais sócios), patrocinadores, credibilidade.
Uma empresa só de torna grande quando seus diretores pensam grande.
Urra Leão, para que a torcida grite Hurra!!!

nato campos disse...

Meu deus dizer que eu reclamava de Ferdinando Rafael coelho,Rômulo entre outros ao ver esse time de hj me da uma tristeza muito grande. A que ponto chegou o meu Avaí.

Postar um comentário