Uma administração "fora de série"

|
Como "sucesso financeiro" não é algo que  faça parte da agenda do Avaí, não chega a provocar espanto o prejuízo causado pela primeira fase esquelética que lhe surrupiou alguns lucros previamente contabilizados. Entre verba de bilheteria, anúncios pontuais, cotas de TV e muitos outros etc's, algo como R$ 1 milhão deixará de pingar no caixa da Ressacada. Além de todas as perdas emocionais, o torcedor também embarcou nesse miserê de conquistas e agora precisa "bater panela" no Procon para reclamar da não transmissão das partidas do quadrangular da morte. O Avaí pode ser um clube de série A, mas a sua administração é realmente "fora de série". Foto fanpage Avaí FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário