Avaí recicla mais

|
Conversando com alguns torcedores, tenho observado a esperança de que o Avaí consiga fazer uma boa campanha na série A. Por boa campanha, entenda-se não cair para a segundona, não mais que isso. Mas descendo um pouquinho mais para "a terra", há também uma boa dose de apreensão pelo perfil dos jogadores que o Departamento de Futebol ensaia formar para o Brasileirão.
O plantel dos nomes ventilados passam por ex-jogadores do Avaí, ou atletas afastados do elenco principal em seus respectivos clubes, ou vindo de lesão, ou acima dos 30 anos de idade. Ou, o que é mais dramático, com todas essas características juntas no mesmo boleiro. Haja reciclagem. Noves fora e dedos cruzados, não há meio termo: ou isso vai dar muito certo ou vai dar muito errado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário