Copa do Brasil, o Avaí continua

|
O Avaí precisava passar de fase na Copa do Brasil, precisava vencer o Operário/MT, precisava dar o primeiro passo para fazer todo mundo - todo mundo mesmo - esquecer sua melancólica campanha no Campeonato Catarinense. Todo o resto era perfumaria barata que em nada acrescentaria para esse momento delicado vivido pelo Leão da Ilha. E felizmente foi isso que aconteceu.
Por jogar dentro de casa, empurrado por 7 mil torcedores, muitos desses mascarados de Marquinhos Santos, contra um adversário "fora de série", já se esperava o domínio da equipe de Gilson Kleina. O Avaí foi soberano e só se perdeu quando após embolocar 2x0 pensou que tinha se tornado o Chelsea. Bobeira dada, bobeira castigada com um gol do Operário, ímpeto logo depois sufocado com o terceiro balançar de rede do goleiro do time de Várzea Grande.
Além da homenagem ao Galego e da vitória que permitiu R$ 420 mil caindo no caixa, o outro destaque da noite ficou com a iniciativa do Newcastle da Praia do Cagão, que pediu para a FCF suplicar à CBF o adiamento dos dois primeiros jogos da próxima fase da Copa do Brasil para depois da decisão do Estadual. Estão com medo de um integrante do quadrangular da rabeira? Quer dizer que o Avaí representa perigo? A gente entende... #EuSeiQueVocêsTremem Foto de Simone Cristina Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário