Copa do Brasil x Catarinense

|
"Os times de SC que forem para a segunda fase da Copa do Brasil, vão ganhar mais que em todo o Campeonato Catarinense". Essa foi a constatação do narrador esportivo Rafael Araldi ao comparar os R$ 424.831 que Avaí, Criciúma, Joinville, Figueirense e Chapecoense receberam (ou receberão) pela participação na competição patrocinada pelo doutor Delfim, com os R$ 350 mil da 1ª fase e os R$ 420 mil da 2ª na Copa do Brasil. Não fosse o Estadual um título realmente acessível para os acima citados, o que gera uma bela retaguarda emocional nos seus torcedores, não haveria uma boa razão para disputá-lo. Insucesso de público e crítica, por muito tempo ainda será prejuízo certo aos clubes.

Um comentário:

Guilherme disse...

Atenção diretoria fraca! Acordem!
Passem a mão no telefone e liguem para o Internacional e tentem trazer o Fabricio.
Ele tem contrato longo com o Internacional.
As chances de empréstimo são grandes!
Guilherme Santos

Postar um comentário