Ressacada no modo "pés no chão"

|
Depois de tantos projetos megalomaníacos de novas arenas apresentadas nesse século XXI, finalmente o Avaí resolve vestir as sandálias da humildade, tomar uma ducha de realidade e implementar uma nova pintura para revitalizar a já bela Ressacada. Não lembro de uma manutenção dessas desde a inauguração em 1983, então é uma demão de azul e branco muito bem-vinda.
O trabalho deve tomar os próximos três meses e um preview do estádio finalizado você vê aqui no site oficial. De bate pronto, estranhei o uso da cor azul França, uma vez que a cor oficial do clube é o azul celeste (com a possibilidade de uso do azul royal), e a cobertura de tinta sobre os tradicionais tijolinhos à vista. Noves fora, o resultado será uma praça de esportes visualmente mais vibrante.
É importante que o próximo passo seja a modernização da iluminação. Inaugurada em maio de 1986, as pombocas do estádio permanecem com a sua mesma capacidade em luxes, distante dos padrões atuais exigidos. Se as fotos dos nossos fotógrafos não chegam aos pés daquelas vistas na Copa do Mundo, acredite, a culpa não é das câmeras nem dos profissionais. Tem que melhorar.
Mas vamos degavazinho, aí sim, com a "política pés no chão" que Nilton Macedo tanto curte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário