Ronaldo não tem o perfil desejado

|
Espiando um papo entre torcedores no Twitter, não foi difícil notar a percepção popular sobre o atual modelo de contratações implementado pelo Avaí. Em ritmo de bom humor, é consenso que as escolhas de jogadores tidos como reforços para a série A, passam por um gajo encostado em seu clube de origem (vindo de lesão ou mau comportamento), que tenha jogado no Figão ou Grêmio, com mais de 31 anos e que pertença a um empresário-parceiro. Nesse perfil, Cristiano Ronaldo, por exemplo, não teria lugar no time de Kleina nem que viesse de graça.

Um comentário:

Paulo disse...

ai que dore !!!

Postar um comentário