Sobre ética profissional

|
"Ética profissional é o conjunto de normas éticas que formam a consciência do profissional e representam imperativos de sua conduta. Ética é uma palavra de origem grega (éthos), que significa propriedade do caráter. Ser ético é agir dentro dos padrões convencionais, é proceder bem, é não prejudicar o próximo. Ser ético é cumprir os valores estabelecidos pela sociedade em que se vive.
Ter ética profissional é o indivíduo cumprir com todas as atividades de sua profissão, seguindo os princípios determinados pela sociedade e pelo seu grupo de trabalho. Cada profissão tem o seu próprio código de ética, que pode variar a diferentes áreas de atuação. No entanto, há elementos da ética profissional que são universais e por isso aplicáveis a qualquer atividade profissional, como a honestidade, responsabilidade, competência, etc." Fonte site Significados - Imagem blog do Fabossi

2 comentários:

Aloísio Campeche Silveira disse...

Creio que ética no futebol, não é o clube (time) se jogar ao "Deus dará" assim atabalhoado, vi na precaução do Kleina talvez um excesso de zelo.

O Avaí vem de uma campanha fraquíssima, sem moral, sem vontade, sem credibilidade. Ora, o cara tá chegando agora, com a responsabilidade de não deixar cair a peteca (no Bahia não deu), se perdesse uma só partida que fosse, a torcida e a mídia já cairiam de pau, normal, normalíssimo na minha opinião, eu também seria muito cauteloso. Mesmo com a permanência na "elite" catarinense, jogar em Ibirama com um jogador a menos...

Bem o Leão está começando a se aprumar, não dava prá correr o risco de arranhar novamente a imagem só por vaidade, alíás, no primeiro tempo até que tentou alguma coisa.

Entendo que o momento, se não é prá sair por aí soltando foguetes, também não é prá tantas acusações, e nem ver uma falta de ética no que aconteceu em Ibirama.

Se quiséssemos exigir essa postura do AVAí,´teríamos que exigir também a extinção da "cêra", que qualquer time faz, e só quando é excessiva o juíz pune (e nem sempre), as falsas contusões (simulações) quando ninguém é punido, as faltas marcadas por erro da arbitragem e que muito raramente algum jogador do outro time tem a coragem de dize ao árbitro que a mesma não existiu, enfim são tantos os questionamentos a respeito do que é ética, que acho que estamos pegando muito pesado com o AVAÍ, por apenas não querer se arriiscar de perder outro jogo.
Abraço.

Gerson Santos disse...

ALOÍSIO, "excesso de zelo"? :o(

Postar um comentário