Avaí, de primeira

|
Jéci vê Avaí forte emocionalmente em clássico - A estreia no Campeonato Brasileiro ficou para trás. A segunda-feira do Avaí foi dia de pensar no arquirrival Figueirense, adversário de quarta, pela segunda fase da Copa do Brasil. Invicto há sete partidas, o Leão chega para o clássico em um momento mais equilibrado do que o adversário, sem vencer há quatro jogos.
- Acho que temos que puxar um pouco para o nosso lado. A equipe do Avaí vem numa crescente, um momento bom. Clássico é emocional e a gente está com ele bom. Temos que respeitar eles, fizeram um Catarinense muito bom, mas posso dizer que o Avaí vai chegar forte para conseguir a classificação. A equipe vem evoluindo e isso nos dá tranquilidade. Vínhamos de um momento difícil e demos a volta por cima, mas um clássico é capaz de mudar a história completamente.
Os méritos da mudança do Avaí são de Gilson Kleina, segundo o zagueiro. Para Jéci, a chegada do treinador e a forma como o grupo encarou a mudança combinaram para a recuperação da confiança: "O Gilson dispensa palavras para falar. Ele trabalhou, deu padrão de jogo para a nossa equipe. Estamos bem compactos e o grupo assimilou a filosofia de trabalho dele, isso que faz um time forte. Ele tem mérito total do sucesso momentâneo do Avaí." Matéria base Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário