Avaí, de primeira

|
Marquinhos suspenso por três partidas - O STJD julgou Marquinhos nesta terça-feira pela joelhada em Paulo Roberto, na primeira partida da Copa do Brasil. Os auditores desqualificaram o artigo da acusação e passaram de agressão para ato hostil, com pena de três jogos de suspensão. 
Marquinhos fica de fora das partidas contra Coritiba, Atlético-MG e Goiás. A volta do capitão está prevista para a sétima rodada, justamente contra o Figueirense. De acordo com o advogado Osvaldo Sestário, o departamento jurídico irá analisar a possibilidade de pedir o efeito suspensivo para que o meia possa atuar na partida contra o Coxa, no próximo sábado.
- Vamos analisar junto com o departamento jurídico e com a diretoria do Avaí a possibilidade de um efeito suspensivo, até para analisar esse julgamento. A procuradoria também deve recorrer, e daí o Marquinhos seria julgado daqui a 20, 30 dias novamente. Vamos analisar. Mas é isso, ele foi desqualificado, cabe recurso e vamos analisar a situação do efeito suspensivo.
Para Sestário, apesar do atleta azurra ter sido punido com três partidas, o resultado foi positivo. Ele também adianta que o vídeo apresentado pela defesa do Figueira apontou suposta agressão de um jogador alvinegro contra o arqueiro Vagner.
- Eu achei positivo por dois aspectos. O Figueirense tentou explorar a ação que ele fez com todo o passado do Marquinhos, juntando imagens desde 2011 contra ele. Porém, o tiro saiu um pouco pela culatra, porque a procuradoria detectou no vídeo uma suposta agressão de um jogador do Figueirense no goleiro do Avaí nesse lance. Matéria base Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário