Avaí, de primeira

|
Kleina pega quatro jogos de suspensão - O técnico Gilson Kleina foi julgado na manhã de ontem pelo STJD. E a notícia vinda do Rio de Janeiro não foi boa: o treinador pegou quatro jogos de suspensão por reclamar com a arbitragem do jogo contra o Internacional, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A pena máxima era de seis jogos. Cabe recurso.
Kleina foi denunciado no artigo 258, inciso II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala sobre "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões". O treinador foi expulso diante do Inter após reclamar dos gandulas da partida. A pena era de dois a seis jogos de gancho. Matéria base Infoesporte 
Eduardo Costa, Célio Amorim e maqueiro serão julgados - O STJD marcou para a próxima segunda-feira o julgamento do volante Eduardo Costa, do árbitro Célio Amorim, o do maqueiro William de Souza. Os três, além de Avaí e Figueirense, foram denunciados pela procuradoria por causa da confusão no clássico do dia 13 de maio, no Orlando Scarpelli, pela Copa do Brasil.
O volante Eduardo Costa, que agrediu o técnico Argel Fucks com um soco no rosto, vai responder no artigo 254 do CBJD, que fala sobre "praticar agressão física durante a partida". A punição é de quatro a doze jogos de suspensão. O maqueiro William de Souza foi denunciado no artigo 258 (provocar o público durante partida). A pena é de dois a seis jogos. O funcionário do Figueira fez a dança do "Créu" após a partida, o que segundo o árbitro Célio Amorim teria iniciado o tumulto.
O árbitro da Federação Catarinense de Futebol vai ser julgado por não citar a agressão na súmula da partida. O artigo 266 prevê suspensão de 30 a 360 dias. Por último, Figueirense e Avaí vão responder pelo artigo 213, que fala sobre "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto e invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo". A pena varia entre R$ 100 e R$ 100 mil. Matéria base Infoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário