Ingresso que vale o quanto pesa

|
De olho no aumento da média de público e aproximação com o seu torcedor, o Coritiba anunciou uma nova política de preços para as partidas em casa. Inspirada em clubes europeus, ela levará em conta o nível do adversário e a importância do confronto para definir o valor das entradas. O resultado de meses de estudos e análises foi a estratégia  divide os ingressos em três categorias: classes A (arquibancada R$ 50) , B (R$ 70) e C (R$ 100), com cada clube adversário sendo encaixado em uma dessas divisões. Os valores dos jogos C são menores que dos jogos B, que por sua vez são menores que os do A. Uma boa ideia para ser pensada para o Avaí. Fonte base Esporte Banda B - Foto Jamira Furlani

Um comentário:

Aloísio Campeche Silveira disse...

A idéia pode ser até boa, mas é bom lembrar que o patamar dos valores dos ingressos apenas tenderão a subir, ou seja, mantendo o atual, e, no caso dos jogos mais importantes um valor exponencialmente maior.

Isso pode dar muito certo (ou não), o público médio do Avaí, vai acabar tendo de escolher em qual jogo irá, a vida não tá fácil prá ninguém não, é necessário muito critério nessas decisões de reajuste, pois pode acabar afastando de vez o torcedor, vale ainda lembrar que a presença maciça é fator fundamental para dar aquela força para os atletas, pois inibe o adversário, desconcentra, lembremos que o time atual do LEÃO está longe de ser aquilo que esperamos de um bom grupo que se possa confiar. O "din din" do torcedor é o mesmo de qualquer trabalhador, suadinho de conquistar.

Bons preços requerem qualidade de produto e (ou) excelente prestação de serviço. E isso não é o nosso caso (ainda).

Abraço!

Postar um comentário