Não esquecemos, não esqueceremos

|
Hoje o assassinato do torcedor avaiano João Grah completa oito meses sem que algum dos responsáveis esteja preso, julgado ou pelo menos sendo processado. Uma vergonha para as autoridades que mostram toda a sua incapacidade de fazer cumprir a lei. Não esqueceremos.

2 comentários:

Paulinho disse...

Lamentável que até agora nenhuma providência foi tomada e os responsáveis permanecem impunes. Assim como estão impunes os torcedores que mataram um torcedor do Joinville há alguns anos e também os avaianos que deceparam a mão do torcedor em Criciúma. Nossa indignação não pode ser seletiva.

Paulo disse...

Paulinho, os dois que deceparam a mão do seu Ivo, cumpriram pena, ou ainda cumprem, não sei ao certo por este ato !!!

Postar um comentário