Emoção até debaixo d'água

|
Vai ser embaixo d'água, vai ser agoniado, mais uma vez vai ter que ser na raça. E na raça o Avaí costuma se sair bem melhor que o rival cubo de gelo do outro lado da ponte. E que seja também na bola, com os 22 em campo se portando como homens e não feito moleques fugidos da Febem.
Avaí e Figão vêm bem na séria A, 10 e 7 pontos respectivamente, e todos sabem do efeito devastador que um clássico pode causar na equipe. Entretanto, uma boa vitória por certo encherá de confiança e autoestima para a dura jornada entre gigantes com cotas de TV bem mais voluptuosas.
Gilson Kleina não tem Antonio Carlos, suspenso, além de Roberto e Renan Oliveira  entregues ao departamento médico. A tendência é o abandono do esquema 3-6-1, que dará vez ao 4-4-2 com André Lima retornando a fazer dupla com Anderson Lopes no setor de ataque. Assim o Avaí deve entrar no gramado encharcado da Ressacada com Vagner; Nino Paraíba, Jeci, Emerson e Romário; Renan, Eduardo Neto, Pablo e Marquinhos; Anderson Lopes e André Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário