O bicho não era tão papão

|
Claro que que não tem como ir ao Morumbi e encarar o São Paulo de igual para igual. O Avaí foi fazer essa besteira diante do Atlético Mineiro, tomou um sacode de quatro bagas e aprendeu a lição. Daí ser compreensível que Gilson Kleina tenha armado uma equipe defensiva para enfrentar Pato e cia, mas também não precisava ter enterrado todos os 11 na retanca.
O primeiro tempo foi do SP, mas sem que fosse um time de alta periculosidade, tanto que o 0x0 foi o placar da etapa. Mas tanto vai o pote à bica, que aos 9min do segundo tempo, o tricolor conseguiu balançar as redes azurras. Kleina soltou a equipe, entrou com André Lima e Rômulo e equilibrou as ações. O bicho não era tão grande, tão papão assim quanto todos imaginavam.
Prêmiando a coragem e a mudança de postura, veio o belo gol de André Lima aos 44min, que decretou mais um importante ponto ganho fora de casa. Muito bom. Foto Foto Rubens Chiri SPFC

Um comentário:

Luiz Henrique Pereira disse...

Eu acho que o Atlético MG foi um teste de nosso bruxo em relação ao que o time poderia dar! Agora já sabe jogar contra os grandes, como grande somos... Sabádo estamos lá!

Adriano Itavaí

Postar um comentário