Avaí, de primeira

|
Avaí pronto para enfrentar o Palmeiras - O empate com gosto de derrota diante do Sport deixou uma boa impressão ao técnico Gilson Kleina. Em função disso, o treinador do Avaí optou pela manutenção da base e do sistema de jogo para encarar o Palmeiras, hoje, em São Paulo.
Eduardo Neto, suspenso, dá vaga a Claudinei, que tem se destacado nos treinamentos, segundo Kleina. Na defesa, Jubal sai para a entrada de Emerson, que cumpriu a automática diante do Sport. Assim, o Leão vai a campo com: Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Emerson e Romário; Renan, Claudinei e Tinga; Romulo, Anderson Lopes e William.
- Vamos mexer o menos possível. Tem a expulsão do Eduardo Neto, vamos trabalhar com o Claudinei, manter a força e a velocidade. Analisando bem nós fizemos um bom jogo contra o Sport, condições de vencer a partida e falamos sobre nossas falhas que acabaram em gols dos adversários. Temos que estar mais antenados para voltar a fazer os resultados - explicou o treinador.
A escolha por Claudinei, segundo Gilson Kleina, tem a ver com a ideia de jogo. O comandante espera diminuir os espaços do Palmeiras e apostar na transição em velocidade para chegar ao gol.
- Característica um pouco diferente, vou precisar de uma transição. O Adriano retém mais e eu não quero mexer na estrutura com o Renan e o Tinga. O Claudinei está fazendo bons treinos e temos momentos que vamos utilizar essa característica, vamos manter a estrutura. Vamos enfrentar uma equipe com bola aérea boa, uma defesa forte e uma transição rápida. Então temos que estar mais congestionados, roubar e sair - contou. Matéria Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário