Esconjuro pé de pato mangalô 3x

|
Três derrotas e três empates depois, eis que o Avaí tira o pé da lama, sacode a inhaca da má fase, mantém os três pontos de distância da zona de rebaixamento, quebra o tabu de tomar tamancada da Chape desde março de 2013, ultrapassa o rival na tabela do campeonato e projeta uma semana mais tranquila até o próximo compromisso diante do Cruzeiro, domingo, no Mineirão.
William deve ter tomado um banho de sal grosso, já que fez efeito com seu primeiro gol pelo Avaí após cinco jogos sem muito sucesso. Mas o suor excessivo por carregar muitos Kg de sobrepeso (vergonhoso), fez derreter o sal bendito e desperdiçou um pênalti mal assinalado pelo árbitro.
Passamos quase ilesos pela maldição de tomar gol nos primeiros minutos. Muito pelo contrário, foi o Avaí que abriu o placar aos 9min do primeiro tempo após cobrança de escanteio de Renan Oliveira, quando Emerson subiu na área para marcar de cabeça. Poucos minutos depois ampliou para 2x0.
A Chape fez o seu aos 2min da etapa final (ó a maldição aí de novo), dominou a partida, chegou a ter 70% de posse de bola, mas não conseguiu transformar isso em gols. Menomale, o Avaí voltou para o modo de competitividade, ganha duas posições na tabela, ocupa agora a 13ª colocação, com aproveitamento de 41%. Futebol de resultados é isso aí: venceu, tudo fica bem. Foto Jamira Furlani

Nenhum comentário:

Postar um comentário