Mais uma política de "ingressos gourmet"

|
Rivaldo, mais um cartola esganado e metido a entender de marketing no futebol brasileiro, resolveu tornar os ingressos para os jogos do seu Mogi Mirim os mais caros do país. A estratégia 'gourmet' de elevar os preços para R$ 100 em todos os setores acabou fracassando, já que diante do CRB no último final de semana, apenas 244 torcedores compareceram ao estádio. Já para o duelo contra o Náutico, no próximo dia 7, o torcedor do clube do interior paulista voltará a R$ 50 nas descobertas. Em SC o clube abobado da bronha é a Chapecoense, que cobra entre R$ 100 e R$ 150 para aqueles que se aventurarem no estádio da Prefeitura de Chapecó. Fonte base ESPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário