Não perde o foco, William

|
Não gosto de jogadores com complexo de inferioridade, o que não absolve os alucinados de seus pensamentos descolados da realidade. Ontem o atacante William fez um questionamento sui generis em sua entrevista coletiva:  "Porque não pensar em Libertadores e Sul-Americana?".
Passando ao largo da bobagem de ter citado o nome da SPE do Estreito (que mania!) e respondendo o hit de auto-ajuda do Batoré: 1° O Avaí fez três pontos nos últimos 15 disputados. O que importa hoje é a partida de amanhã com o Palmeiras; 2° O Avaí está apenas três pontos distante do Z4, então tem que se afastar rápido; 3° A meta é fazer 45 pontos e se ver livre do rebaixamento.
O 4° "porque" é de responsabilidade do próprio William. No meio tempo que se resolvem esses objetivos mais urgentes, o atacante que chegou gordo e continua gordo, poderia e deveria dar cabo naquela pança vergonhosa que desrespeita a instituição que lhe paga um bom salário. Feito tudo isso, agora sim, todos nós podemos pensar em Libertadores e Sul-Americana. Foto Cristiano Estrela

4 comentários:

Pablo Antony disse...

Verdade seja dita Gerson!
A pancinha está bem grande. Mas não dá pra negar que em 90min fez mais que André Lima na temporada inteira! Pelo menos na minha opinião! Acho que baixando a pança pode ajudar bastante na temporada.

Gerson Santos disse...

PABLO, considero William o melhor atacante do Avaí. Mas num esporte de alto rendimento, nem Messi tem o direito de jogar acima do peso.

Sandro Azevedo disse...

Poxa, encontrei o William logo após o jogo, no almoço e qdo questionou sobre o time, ele mês respondeu: "vamos colocar o Avaí na Libertadores"!

Retruquei na hora: " Com JuMAL" na zaga?

Pablo Antony disse...

Concordo com você Gerson!
Eu só não consigo acreditar que um time que esteja na série A e queira se manter tenha, se dê o luxo de ter no elenco vários atacantes, e que o melhor seja o Willian nas condições que ele está.
É isto que me apavora!

Porrax Coelho! Libertadores é foda! Lembro que na campanha da série B do ano passado, ao chegarmos a liderança começaram a falar em título. Depois disso, foram longos 10 jogos sem vitória. E agora na série A, depois no início bom, começaram a falar em libertadores. De lá para cá já são longos 6 jogos sem vitória. Deus nos ajude amigo!

Abraço!

Postar um comentário