Pés não muito no chão

|
Segundo o jornalista Jorge Nicola em seu blog no Yahoo Esportes, Gilson Kleina está na faixa intermediária de salários dos 20 técnicos da série A. Entre os catarinenses, os R$ 180 mil mensais do professor da Ressacada o colocam bem à frente dos R$ 130 mil de Adilson Batista, dos R$ 100 mil  de Argel Fucks e os "humildes" R$ 85 mil de Vinícius Eutrópio. Se assim for confirmado, percebe-se que a "política dos pés no chão" do presidente Nilton Macedo andou dando uma senhora guinada.
Atualização do post 17h: parece que Jorge Nicola não está muito bem informado. Na verdade o salário bruto de Gilson Kleina é de R$ 120 mil, um valor mais de acordo com os limites do Avaí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário