Contratou mal, agora aguenta

|
"O nosso orçamento está espremido, e a torcida sabe, sou transparente, não há espaço para trazer nenhum atleta nesse momento, a não ser que tenha saída para haver reposição. Estamos agindo com calma. Agora vem a importância de ter um grupo grande como nós temos. Sabido que no nosso grupo temos nove jogadores oriundos das categorias de base, por isso que o numero em si é um pouco maior. Temos aquilo que chamam de peças de reposição, embora essa expressão seja mais mecânica do que no futebol. Isso é bom, mas sabemos que não temos espaço para trazer mais nenhum atleta de faixa salarial de Série A." Nilton Machado, presidente do Avaí - Foto Cristiano Estrela

Nenhum comentário:

Postar um comentário