Os desafios do Avaí hoje em Joinville

|
Hoje o Avaí entra no gramado do estádio de Joinville com algumas metas: se recuperar da péssima derrota na rodada passada, para o Atlético/PR e em plena Ressacada, é uma delas. Ocupando a 14ª posição na tabela, distante apenas quatro pontos da zona de rebaixamento, esse prejuízo-monstro terá que ser compensado nesse importante confronto da tarde de domingo mais ao norte de SC.
Do outro lado um adversário desesperado, há muito tempo na lanterna do campeonato, é certo que moleza não será um dos itens de boas-vindas do anfitrião. Além do apavôro, o tricolor vem turbinado por algumas ações extra-campo promovidas pela direção do clube. Estreia do novo técnico, novo superintendente de futebol, pregação de "espírito de guerra" para o confronto, chamadas ufanistas aos torcedores, promoção de ingressos para os sócios, enfim, uma dose cavalar de entusiamo.
Já comentamos e repetimos que ao Leão da Ilha caberá ser inteligente, entender sua superioridade técnica e emocional, e não permitir os mesmos erros bobos cometidos até aqui. Cabeça no lugar, sem ansiedade, vendo o desespero deles aumentar e esperar o momento certo para o "fincão" estratégico. Parafraseando a nossa estimada Dilma, o Avaí não deve colocar meta de gols para o jogo. Deve deixar a meta aberta, mas quando atingirem a meta, tem que dobrar a meta. Não tem erro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário