Por um segundo turno melhorzinho

|
Não foi de goleada, não foi para time pequeno, não faltou bom futebol, não teve corpo mole, mas mesmo assim foi um derrota dolorida, essa para o Curíntia. Pela disposição final da tabela no primeiro turno, foi um baita prejuízo, que deixa o Avaí há apenas um ponto do Goiás, a equipe que abre a zona de rebaixamento. As reclamações sobre a arbitragem são justas, o Avaí continua pagando caro por aquele gol contra o Flamengo em que a bola saiu, mas a diretoria azurra parece tranquila. E se eles estão tranquilos com tudo isso, não seremos eu e você, torcedores não remunerados, que arrancaremos os cabelos da cabeça, não é mesmo? Que venha o segundo turno com mais sorte, competência, atitude, evolução dos árbitros etc etc etc. Foto Jamira Furlani

Um comentário:

Pablo Antony disse...

Na verdade não há nada perdido em se tratando de nós!
Mas, verdade seja dita. O que podemos esperar quando analisando os jogos, sempre temos ao menos uma falha da zaga por jogo? O que podemos esperar quando o melhor atacante do Avaí é um gordinho que estava parado e agora está machucado (Willian)? O que esperar se quando seu reserva imediato começou a fazer gol se machucou tambem? O que esperar quando parece que nosso treinador não tem convicção jogo à jogo? Num jogo Roberto é titular, no outro ele nem aparece! O que esperar quando pedem a entrada de um jogador que vive de dois gols contra o Flamengo, não joga nada e acha que joga muito (Hugo)?
Sinceramente, eu não sei responder!
Só sei que o sofrimento vai ser grande! Pro bem ou pro mal! Mas pode ter certeza que deste não escapamos!

Postar um comentário