Avaí, de primeira

|
"Vimos que tinha muita coisa errada" - Único time catarinense fora da zona de rebaixamento da Série A, vindo de uma sequência de três vitórias, o Avaí ganhou uma semana inteira de intervalo até o próximo desafio: a partida de sábado contra o Grêmio, em Porto Alegre. E o clima na Ressacada é de muito otimismo, como revela Everton Silva:
- Mudou nossa alegria dentro do grupo, nossa autoestima subiu bastante, a confiança voltou. O fator casa também voltou a prevalecer, o torcedor está jogando junto. Veio em uma hora boa, que a gente resolveu se fechar, buscar forças onde a gente não tinha - afirma o jogador, que atuou como como lateral-direito na vitória sobre o São Paulo e como ponta direita no clássico.
Everton conta que nos dias mais difíceis, nas rodadas em que o Leão passou no Z-4, o grupo de jogadores se reuniu para uma conversa que mudaria o rumo da equipe:
- A gente nunca deixou de acreditar no trabalho do professor, assim como ele nunca deixou de acreditar na gente. Tivemos uma conversa entre a gente, vimos que tinha muitas coisas errada, para serem consertadas. Então só iríamos consertar, as coisas só voltariam ao normal, nos fechando, um correndo pelo outro, só assim a conseguiríamos sair daquela situação e graças a deus deu certo.
Para encarar o Grêmio, terceiro colocado na competição, Everton ainda não sabe se será relacionado entre os titulares, já que Nino Paraíba volta a estar disponível para a lateral, mas espera voltar a ganhar uma chance posicionado à frente.
- Com o Nino voltando, se pintar uma oportunidade para mim, tomara que seja na frente, onde gosto mais de jogar. Mas se o professor optar por me deixar no banco, não tem problema também, vou tentar ajudar, incentivar meus companheiros que a gente agora precisa de todo mundo para conseguirmos dar um salto. via Diário Catarinense

Nenhum comentário:

Postar um comentário