Avaí, de primeira

|
Avaí conta com M10 por "criar clima favorável" - A ausência de Marquinhos é novamente sentida e, seu retorno, aguardado com ansiedade. Depois de voltar contra o Flu e Inter, ambas com vitórias, Gilson Kleina não pôde mais mais uma vez com o capitão contra o Flamengo, em Natal, assim como havia acontecido contra Santos, Corinthians e Ponte Preta. Resultado: derrotas, entrada e retorno à zona de rebaixamento. Coincidentemente ou não, o time azul e branco sofre quando não pode contar com um de seus ídolos, principalmente em jogos como anfitrião.
O treinador sabe a admite o valor agregado que adquire quando conta com camisa 10 em campo, principalmente em Florianópolis. Mesmo após a contratação do paraguaio Néstor Camacho, que supre em parte a carência no meio de campo sem o "Galego", a ausência de Marquinhos é sentida, seja pela referência no gramado, pela parte técnica, liderança ou identificação com o clube.
- Estamos administrando Marquinhos nessa situação. Sabemos que um jogo por semana para ele, ele tem essa condição. Claro que sempre esperamos o relatório do DM, do próprio Marquinhos, mas se reunir condições, é um jogador que tem uma atmosfera dentro da Ressacada, cria um clima todo favorável para a equipe do Avaí, ele assume muito a responsabilidade. Espero ter a volta dele.
O Leão, em casa, aliás, é um com Marquinhos e outro sem ele. Na sua presença, a equipe ganhou três jogos, empatou dois e perdeu apenas um (para o Atlético-MG, por 3 a 1) - aproveitamento de 61%. Em sua ausência, o rendimento cai para 26% (foram três derrotas, um empate e apenas um triunfo, diante da Chapecoense, por 2 a 0). via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário