Camacho, Gamalho e Lovat

|
Camacho chegou de mansinho do Paraguai, porte físico porco avantaja, arranhando o portunhol, colocou o uniforme de treino, mostrou futebol, ganhou a confiança de Gilson Kleina e fez uma bela apresentação diante do Internacional. Parece que temos um "10" canhoto.
Gamalho estava largado no Bahia, sem o apoio do torcedor e não sendo aproveitado às vezes nem no banco. Chegou na Ressacada numa quinta, foi apresentado na sexta, treinou no sábado, fez dois no Santos no domingo e no outro domingo, mais do no Colorado. Dizer o quê do cara?
Lovat confirmou o bom trabalho realizado na base do Avaí, entrando no domingo e dando conta do recado com personalidade. É cedo para eleva-los ao patamar de craques-solução, mas que levam jeito para fazerem um belo segundo turno do Brasileirão, ah isso levam. Fotos Jamira Furlani

5 comentários:

GeorgeAB disse...

O Lovat errou quase tudo. Não vamos misturar um excelente resultado com empolgação sem sentido; torço que o garoto realmente venha a ser um craque, mas errou muito contra o inter.

Rafael disse...

Concordo com o George. Esse Lovat ainda não está preparado para ser o lateral esquerdo do Avaí. Deixou a desejar.

Gerson Santos disse...

GEORGE, acho que o garoto começou um pouco nervoso, inseguro, mas depois segurou bem a pressão. Olho nele.

RAFAEL, para ser titular, ainda não.

nato campos disse...

Verdade George também acho que o muleque não foi bem e não e a hora de apostar nele, outros está comparando ele com o Renan muita calma nessa hora, deixa pro catarinense.

Luciano Ludwig disse...

Errou quase tudo segundo o amigo, mas felizmente não comprometeu. Porém cabe ressaltar que o rapaz foi responsável por interceptar diversas ações do ataque do Inter dentro da nossa área, principalmente no segundo tempo. E aquele lance que poderia ter sido gol ou pênalti e no final não foi nada....

Postar um comentário