Avaí, de primeira

|
Gilson Kleina: Nós titubeamos - O duelo com o Sport não vai trazer boas lembranças para o Avaí. Na noite de ontem o time enfrentou o adversário em Pernambuco e perdeu por 3 a 0. Para Gilson Kleina, o Leão da Ilha de SC conseguiu administrar o primeiro tempo, mas sucumbiu na etapa final e viu a equipe adversária crescer em campo, principalmente após o segundo gol, anotado por André.
"Foram erros nossos, erros que tentamos sempre trabalhar. Até era normal a pressão que o Sport ia nos colocar, fizemos um primeiro tempo bom, seguramos, eles poderiam ter volume de jogo, mas não tinham penetração. No segundo tempo, mantivemos a situação até na hora da lesão do Eduardo Neto, mantivemos a estrutura com o Pablo, mas infelizmente em uma bola cabeceamos a bola para dentro, no pé do atleta deles e tomamos o gol, aí sentimos um pouquinho.
Nossa equipe foi amarelada muito, perdemos jogadores importantes, poderíamos fazer uma troca, não fizemos essa troca, tinham jogadores que começaram a pedir para sair. Um resultado que titubeamos, poderíamos ter somado um ponto sim, mas depois do segundo gol a equipe adversária cresceu" - destacou o comandante do Avaí. via Globo Esporte

4 comentários:

Pablo Antony disse...

Mais uma vez fica evidente nossa falta de convicção e qualidade!
A falta de convicção do Gilson Kleina me causa desânimo! Como pode ele querer trazer de volta jogadores esquecidos? O Pablo apareceu do nada ontem depois de ficar escondido durante meses! Cadê o Everton Silva? Não serve mais? E o Rômulo? Depois de uma geladeira terrível serve de novo? Sinceramente, não consigo entender!
E nosso sistema defensivo em? Meu Deus! Pai eterno! Não tem um que se salve! Nem o Emerson. Se juntar todos não se salva um. De lambuja, recebemos a carapuça de "Pior defesa do campeonato!".
Pra fechar. De onde tiraram que o André Lima tem condições de jogar uma partida de futebol como titular?
Em resumo, acho que fomos longe demais já, com muita sorte na verdade!
Mas a sorte, esta não fica sempre ao lado de derrotados!

ney.lf disse...

Um treinador cagão que sai daqui para buscar um ponto e coloca esta mentalidade na cabeça dos nossos jogadores, não podemos esperar nada mais do que derrotas mesmo.
Sempre fui contra a troca de técnico mas, com este que não confia na capacidade dos seus jogadores não dá mais.
Somente ¨Cabral¨ para descobrir o futebol do Avai...

Gilberto disse...

Comentário perfeito do Pablo Antony. Irretocável. Apenas acrescentaria a "boa e velha" Diretoria, que volta e meia dá o seu ar da graça. Dessa vez com a história dos salários atrasados. Eia, Avaí. Muda o mundo, muda tudo, mas tu, Avaí, continuas igual. Alô Diretoria. Parabéns!

George disse...

Pensei o mesmo que o Ney LF: como que o cara vai pra lá para buscar um ponto? Tem que jogar pra vencer, poxa. O Sport tem o mesmo nível que o nosso.

Postar um comentário