Avaí, de primeira

|
Para A. Carlos problemas da defesa começam no ataque - A defesa do Avaí continua em pauta. O Leão é a equipe que mais sofreu gols no Campeonato Brasileiro, foram 52 tentos em 31 partidas, uma média de 1,6 gols por jogo. Para o zagueiro Antonio Carlos, esse problema não envolve apenas o sistema defensivo avaiano, mas toda a equipe.
- A defesa começa lá na frente. A gente trabalha para não errar, mas para ter um vencedor algum time tem que errar. Tem erro que vem até do ataque, pois nesse segundo turno tomamos muitos gol de contra-ataque e o professor (Gilson Kleina) tem pedido para parar as jogadas no campo de ataque.
O jogador também destacou que o time não pode mais vacilar e que se sofre um gol tem que conquistar de qualquer jeito a virada.
- A gente virou apenas um jogo no campeonato (contra o Goiás na Ressacada). Temos que ter um poder de reação. Se sofrer um, temos que fazer dois e assim por diante. Não me importo em ser a defesa mais vazada se no final do ano o time estiver garantido na Série A - completou.
No domingo, às 17h, o Leão enfrenta a Chapecoense na Arena Condá. Um jogo que coloca frente a frente equipe que lutam para não serem rebaixadas na Série A.
- Será um jogo muito complicado, independentemente do resultado deles na Copa Sul-Americana. Nós precisamos ganhar, existe um resultado para nós lá que é a vitória - finalizou. via Diário Catarinense

Nenhum comentário:

Postar um comentário