Injusto, infantil e insano

|
Se o Avaí está fora da zona de degola, tem uma sequência de jogos menos complicada que os do Z4, por que diabos tantos torcedores já falam como que lamentando a queda para a segunda divisão? Resposta simples: porque todos os erros que levaram à fracassos recentes estão se repetindo. E se repetem, detalhe coincidentemente cruel, exatamente na reta final do campeonato.
Os salários do elenco estão atrasados e, se nada for pago no dia de hoje, completamos dois meses de uma promessa trabalhista não cumprida. A trilha da desgraça corre o risco de ser eficientemente asfaltada. Sem grana no bolso da rapaziada, já se sabe que o Avaí não voltará de Chapecó com qualquer ponto somado. Tão certo como cai a chuva que isso é uma profecia fadada ao acerto.
Se os torcedores se dividirão entre os que põe a culpa nos empregados que não recebem ou nos empregadores que não pagam? Em anos anteriores o desprazer de acompanhar essa discussão fez com que muitos leitores fugissem dos endereços virtuais avaianos. Esperar uma atitude de herói de qualquer profissional perante promessas não cumpridas é injusto, infantil e insano. Imagem Google

4 comentários:

Nilton Osório disse...

Dificilmente o Avai terá, para se manter na série A, a mesma sorte do ano passado, quando a classificação caiu no colo, apesar de toda a incompetência dentro e fora do campo. E, para piorar a situação deste ano, não temos mais "imóveis" para vender. Está feia a coisa.

Guilherme disse...

Esse presidente é uma vergonha!
Jogador irregular e nenhuma punição!? !? Todo mundo continua na Ressacada?!??
Renovação do contrato do Eltinho por 2 ano!?!?
Sem patrocínio?!?!?
Contratação do pior elenco da série A?!?!
Agora atrasa salários?! ??!?
Só queria entender como é que tem gente que ainda acha que o responsável é o técnico Gilson Kleina? ??
Covardes!!!
Guilherme Santos

Gilberto disse...

A culpa será sempre dos críticos. Sim, porque quem critica com o objetivo de alertar, de chamar a atenção, de ajudar, esses não servem. Bons são aqueles que apoiam os erros, que aplaudem os donos da verdade, que saem em defesa dos equívocos. Faz tempo que é assim. Não é de hoje que vemos esse comportamento. E há aqueles, a maioria, que são pouco informados e aí, para esses, tem aquele comentarista que sempre ameniza, que sempre fica em cima do muro, que nunca concorda ou discorda, que está sempre bem com todo mundo, que sempre sai em defesa de quem tá no poder, que é pago para opinar, mas não opina. Nunca opinou, aliás! Então é isso. Os erros se sucedem, as consequências são as mesmas e, nas próximas eleições, os caras se reelegem. E segue a vida, até porque o Avaí, convenhamos, é apenas um detalhe. O importante é aparecer na mídia.

Sergio Nativo disse...

Exato. O filme é o mesmo. Tendensse?!

Postar um comentário