O pior "legado inestimável"

|
"Pior do que a situação financeira, o pior "legado inestimável" é a convicção do torcedor de que o Avaí nunca dará certo. Até poderá chegar perto, mas sempre faltará alguma coisa. É essa sensação que faz com que 90% da torcida já pressinta que o Avaí, mesmo numa posição ainda relativamente boa, está fadado a cair novamente. O Vasco tem 27 pontos e sua torcida acredita. O Joinville tem 27 pontos, passou o campeonato inteiro no Z4 e sua torcida nunca deixou de acreditar. Por que isso? Porque, apesar de todos os erros que cometeram, a torcida percebe que há boa vontade, comprometimento, luta e disposição. No Avaí nós não conseguimos enxergar isso. Nem vou falar de qualidade técnica ou fundamentos táticos. Refiro-me apenas à boa vontade, ou seja, o mínimo do mínimo. Mas nem isso demonstramos ter. Aí fica difícil." Comentário de Gilberto Foto Alvarélio Kurossu

3 comentários:

Mário Zunino disse...

Concordo totalmente. Tá feia a coisa!

Vergonhoso escutar a informação do Kleina de que muitos jogadores pediram substituição no decorrer do segundo tempo de jogo. Não sou expert mas é notório a falta de preparo físico do nosso grupo de jogadores, justificando as derrotas principalmente no segundo tempo, recorde de cartões amarelas(chegada tardia, perca na dividida e no avanço com a bola limpa) e a defesa mais vazada.


Mário Zunino

Unknown disse...

Óbvio ululante como dizia Nelson Rodrigues no seu Febeapa, Marquinhos volta, joelho estourado mas encarnando a mística avaiana. Grandes coisa o Kleina,issoi nós sabemos, sem ele o time fixa sem personaldade. Até tirar uns Eduardo Neto, quem eu crítico, mas deixar o velho Eltinho sozinho, é brabo hem.

Unknown disse...

Ser Sócio, pegar as intermináveis fila, é para poucos ou seja os mesmo 6.000,00, de sempre, vamos ser honestos o sistema de transito não comporta maios de 6.000,00 torcedores por jogo, tem que sair de casa muito antes do jogo e chegar em casa na próxima partida, eu não aguento mais, só falta a garagem de cancelar, o meu pano de sócio que tenho a mais de 6 anos.

Postar um comentário