Avaí, de primeira

|
Presidente aposta em orgulho no Avaí - A quatro rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o Avaí tenta tirar forças para retomar as vitórias e se manter na primeira divisão. Internamente, salários atrasados têm prejudicado, mas o presidente do Leão da Ilha acredita em outras coisas para confiar na permanência na elite. Entre elas o orgulho dos jogadores.
Nilton Macedo Machado citou que nesse momento a unidade do grupo é importante para voltar a triunfar. E isso passa por todos os funcionários do Avaí, além do próprio interesse do atleta não querer ter um rebaixamento na carreira.
- Primeira coisa é ganhar os jogos. Ninguém entra em campo para perder. Temos que manter as conversas com os jogadores, departamento de futebol, comissão técnica. A unidade do grupo é fundamental. Nenhum jogador quer ter a queda para a Série B. Além da questão financeira, que o prêmio reduz. Tem o orgulho familiar, o pai saber que o filho tem orgulho, fala na escola.
Outra situação comentada pelo mandatário foi a questão da arbitragem. Nilton falou que o Avaí foi prejudicado algumas vezes no Brasileirão - o Leão teve dois pênaltis errados contra si e está entre os mais afetados pelas decisões. Nilton Macedo Machado também, discretamente, mostrou preocupação com a ascensão do Vasco, presidido por Eurico Miranda.
- Temos que tomar cuidado com os nossos times e fora do campo ficar sempre de olho em manobras vindas de lugares conhecidos. via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário