Avaí, de primeira

|
Raul Cabral faz mistério - Raul Cabral preferiu deixar em aberto o time do Avaí que enfrenta a Ponte Preta, neste sábado, na Ressacada. Ao menos para a imprensa, pois o treinador do Leão sabe muito bem qual equipe que colocará em campo, na partida decisiva diante do time paulista, às 21h. Romário e Eduardo Neto, segundo o técnico, estão com o retorno garantido, porém, é a formatação do setor de meio de campo e também do ataque dão margens às dúvidas, ainda mais com a possível ausência de Léo Gamalho, que não trabalhou nesta sexta.
- Nós tivemos que fazer um trabalho nesta semana de trazer o alto astral novamente, depois de uma derrota como foi a do Fluminense e nos colocou na zona de rebaixamento, isso abate. A viagem de volta foi de muito abatimento, mas nesse retorno já na terça a gente já viu uma postura de foco na decisão. A gente sabe que tem muita gente falando besteira, o que existe é um jogo decisivo e temos de saber lidar com esse jogo decisivo. Um empate é horrível para a gente - falou Raul.
Para a partida, Romário deve assumir a posição na lateral esquerda, no lugar de Eltinho, e Eduardo Neto retorna para a vaga de Renan. Os dois jogadores estavam suspensos no embate contra o Fluminense. Dentro das indefinições do técnico Raul Cabral, o meio de campo deve seguir com a presença de Renan Oliveira. O companheiro do meia deve ser Camacho, mas caso opte por esquema mais defensivo, Rudinei pode formar o setor.
No ataque, Anderson Lopes deve ter a companhia de Léo Gamalho, caso o atacante tenha condições de entrar em capo, pois não trabalhou com dores na coxa. Rômulo pode ser um nome utilizado desde o começo do jogo, caso Léo Gamalho não possa atuar. O Avaí pode ter em campo: Vagner; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Emerson e Romário; Claudinei, Eduardo Neto, Camacho (Rudinei) e Renan Oliveira; Anderson e Léo Gamalho (Rômulo). Matéria editada via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário