Avaí, simples e complicado

|
Na semana do início do Campeonato Brasileiro, comentei aqui que lutar contra o rebaixamento seria o segundo maior problema do Avaí. O primeiro, mais árduo para o elenco base que recém havia tomado de 5 do Guarani de Palhoça e lutado para não cair para a segundona de SC, era chegar vivo à 38ª rodada. Sabe-se lá como, mas conseguiu! Agora, 37 rodadas e os seis dias que separam o Avaí do confronto com o Curíntia se resumem a uma regrinha de três simples e complicada:
Vitória - se salva, aconteça o que acontecer com os outros
Empate - se salva se Vasco e Figueirense não vencerem
Derrota - se salva se Vasco, Figueirense e Goiás não vencerem Foto Jamira Furlani

Nenhum comentário:

Postar um comentário