Avaí, de primeira

|
Avaí foca em fazer sua parte - Profissionalismo. É nisso que o Avaí acredita para não se abalar com a campanha de parte da torcida do Flu, que pede para a equipe entregar a partida contra o Fig para rebaixar o Vasco. No Leão, a opinião é de que esse pensamento não saia da arquibancada.
Durante a semana, a entrega apareceu nas redes sociais, com mensagens de tricolores a favor da derrota. Com o Flu sem ambição, ver o Vasco na Série B animaria os torcedores. O time de Eduardo Baptista visita o Figu, que precisa de uma vitória e torce para o Avaí não vencer o Corinthians - ou que consiga tirar a diferença de saldo para o Coritiba em uma virtual derrota para o Vasco.
- Tem a emoção do torcedor, a rivalidade, mas dependemos de nós. Sabemos que vai ser complicado e a emoção fica com a torcida, o jogador é profissional, entra para fazer seu melhor e esperamos que o Fluminense faça sua parte - afirmou o meia Renan Oliveira.
Contra o Corinthians, o Avaí busca uma vitória para justamente não depender de mais ninguém na luta contra o Z-4. Enfrentar o campeão, aliás, é um desafio, na visão de Renan Oliveira. A festa prevista em Itaquera é grande, e o Leão deve estar acertado se quiser os três pontos.
- Temos uma busca de entrosamento, visando o que o Corinthians joga. Eles são fortes em casa e temos que pensar nisso, vão estar com o estádio cheio, vai ser uma partida complicada. Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário