Captação de recursos, o drama

|
Após quase dois anos sem um patrocínio master em sua camisa - prejuízo acumulado de cerca de R$ 7 milhões - a péssima campanha na temporada 2015 está colaborando para se cavar mais alguns metros no fundo do poço da arrecadação de verba do Avaí FC.
O clube conseguiu preencher esse espaço nobre nos últimos três meses com o logo da Brasfort com valores reduzidos, mas agora o manto sagrado volta a estar "limpinho". Além disso, a crise fez a Unimed encerrar sua parceria com os dois clubes da Capital, o que no caso do Leão da Ilha é mais um petardo no coração financeiro do caixa da Ressacada.
Sem conhecimento de gestão do futebol e uma marca enfraquecida no meio esportivo nacional, Nilton Macedo e seus muitos assessores ineptos terão que fazer o que não conseguiram desde que assumiram a instituição em dezembro de 2013: captação de recursos.

2 comentários:

Rafael disse...

Captação de recursos, gestão organizacional, bons resultados, alto desempenho, fortalecimento da imagem institucional, planejamento financeiro, transparência, redução de custos, redução do quadro funcional, agilidade jurídica, credibilidade no mercado, respeito e orgulho da torcida, redução das dívidas, títulos... Bom, que eu me lembre faltaram apenas esses "detalhes".

Paulo disse...

Mas Rafael, para isto aí acontecer o amado de bigode vai ter que dedicar um tempinho a mais na ressacada, e eu pergunto, "como bao ficar as férias no nordeste?".

Postar um comentário