Eis que surge um discípulo

|
Comentário do Gilberto: "Sensacional a reação de Nilton quando perguntado se permanece. "Que coisa chata, isso!" Quem desconhece os fatos deve imaginar que essa pergunta é absurda, mas quem sofre diariamente com as patacoadas dessa Diretoria, sabe que a pergunta é totalmente pertinente.
Afinal, há poucas semanas a esposa publicou em rede social que o presidente deveria se afastar do cargo, além do Amado ter admitido a possibilidade de reduzir seu tempo de mandato. Mesmo com essas evidências, e somadas ao mais recentes fracassos, ele reage assim diante da pergunta óbvia.
Está cada vez mais parecido com outro presidente, que se alterava sempre que se questionava suas ações no Avaí. Ficava brabo, aumentava o tom de voz, concluía que o mundo era contra ele. Responder pergunta ou explicar patacoadas, jamais. Eis que agora parece  surgir um discípulo.
O que preocupa é que a resposta deixa nas entrelinhas uma mensagem assustadora: o presidente não apenas cumprirá seu mandato como será candidato à reeleição. Podem apostar. E a triste previsão é que ele será reeleito, porque meus quase 30 anos de Avaí me ensinaram que a maioria dos avaianos gosta mesmo é de fazer papel de otário. Quem viver, verá."

2 comentários:

Aloísio Campeche Silveira disse...

É Gilberto, tomara que teu vaticínio esteja errado, ninguém agüentaria mais um mandato dessa pessoa à frente do AVAÍ F. C.

Apesar do comentário de Claudio Teixeira, no dia 07/12, quando escreveu:

“Há previsão estatutária, mas alguém se dispõem a assumir o cargo de presidente do Avai? Não né, mais fácil ficar aqui nas redes sociais e Blog apontando erros e não oferecendo nenhuma ajuda, ou ao menos uma saída prática...”

Será???..., eu pessoalmente não, e acredito que a grande maioria dos avaianos também não se atreveria a assumir tal encargo, o qual exige no mínimo três, vamos dizer assim...”virtudes”, do candidato, quais sejam: capacidade técnica para tal, dedicação plena, e muita (mas muita mesmo) vontade de trabalhar.

As duas primeiras eu confesso que não tenho (um dia quem sabe?!) e não percebo também no atual presidente (opinião minha!). Por outro lado acredito que existem “uns loucos” que se encaixam nas tais “virtudes” acima descritas, e que gostariam muito “de se incomod...”, ops.., de ajudar o Leão a recuperar o moral do clube e da torcida (dessa nossa imensa torcida), que mais uma vez se vê alvo das gozações da gambazada.

Precisamos de alguém capaz, empreendedor, ativo, esperto, que esteja um passo à frente e não correndo atrás. Alguém que tenha boca pra reclamar quando somos alvo de erros de arbitragens, de árbitros que só enxergam contra nós, das federações, precisamos de boleiros mais eficazes, de menos apostas em jogadores que chegam acima do peso, doentes, quebrados (quanto isso custa ao clube, qual retorno eles dão?! - interessa realmente a quem?!), precisamos de gerentes de futebol mais ligados, de direção técnica que acrescente, enfim de uma diretoria de verdade, a partir do presidente, ahhh... e de um conselho deliberativo que realmente delibere, e para finalizar, de uma torcida que torça, que cobre, se tivermos tudo isso é claro, é evidente que haverá um acréscimo considerável de sócios e presença bastante maior no estádio, aumentando assim a psicosfera positiva em torno dos jogadores. Tudo pode (e deve) melhorar.

Ivan disse...

Concordo com o Aloísio, pra mim, o cara p presidente está no clube de muletas recuperando-se de uma cirurgia! Sem mais!

Postar um comentário