Avaí empata com Camboriú

|
Depois de golear na última rodada do Catarinense, o Avaí voltou a decepcionar seus torcedores. Neste domingo, o Leão foi ao Estádio Roberto Garcia enfrentar o Camboriú e não saiu de um empate por 1 a 1. Badé abriu o placar para os donos da casa e Diego Jardel empatou para os visitantes.
Com o resultado, o Avaí chegou a quatro pontos e assumiu a terceira posição, atrás de Chapecoense e Criciúma. O Camboriú, por sua vez, segue na lanterna, apesar de ter somado o primeiro ponto na competição. Em três rodadas, o Tricolor perdeu duas e empatou uma.
O jogo - A partida começou equilibrada, com muita disputa pela bola no meio de campo. Logo com cinco minutos de bola rolando, o Avaí por pouco não abriu o placar. Renato cruzou para a área, o goleiro Gabriel se atrapalhou e quase mandou dentro das próprias redes. O Leão dominava a posse de bola enquanto o Camboriú se organizava na marcação.
Mesmo firme na marcação, os donos da casa não abriam mão de atacar e tiveram uma boa chance na marca de 14 minutos. Vitor Hugo subiu mais do que a zaga do Avaí e cabeceou no canto. Renan se esticou todo e fez a defesa.
O jogo ganhou outra dimensão quando William, a principal esperança de gols do Avaí, foi expulso, aos 18 minutos, após disputa de bola com Vitor Hugo. O árbitro entendeu que o atacante agrediu o zagueiro e por isso, mostrou o cartão o vermelho ao camisa 9 do Leão.
Com um a mais, o Camboriú partiu para cima do Avaí, que tentou a todo custo não abdicar do ataque. O Leão chegou a ter quatro escanteios em sequência, mas viu o adversário marcar aos 38 minutos, com Badé. O lateral pegou sobra na entrada da área e acertou um belo chute para abrir o placar.
O Camboriú festejou muito o gol marcado e se descuidou na parte defensiva. Dois minutos depois de ter marcado, o time cedeu um pênalti para o a Avaí e ainda teve um jogador expulso. Romulo invadiu a área, driblou o goleiro e acabou derrubado por Alessandro Lopes, que recebeu o cartão vermelho. Diego Jardel cobrou a penalidade com categoria e deixou tudo igual na partida.
O segundo tempo foi marcado pelo equilíbrio, já que as equipes estavam novamente com o mesmo número de jogadores em campo. O Camboriú chegou primeiro. Aos 14 minutos, Cadu subiu mais alto que do que a zaga do Avaí e testou com perigo. O Leão respondeu aos 19, após cobrança de escanteio. O lateral direito tricolor Thoni salvou duas bolas em cima da linha, evitando o gol.
O Avaí teve outra boa chance aos 31 minutos. Diego Jardel cabeceou na trave e Rômulo se jogou para finalizar. A bola passou pelo goleiro, mas Vitor Hugo evitou o gol. O Camboriú não demorou a responder. Aos 34, Eurico pegou rebote da entrada da área e obrigou Renan a fazer grande defesa. Mesmo com as tentativas, a igualdade permaneceu no placar. via Gazeta Esportiva

2 comentários:

Paulo disse...

Quem decepcionou, foi o homem do apito, vizinho do delfim, a segunda vez em três rodadas, realmente, o Avaí não tem esquema algum, principalmente com a FCF!!!

Guilherme disse...

Essa é uma análise de quem não viu o jogo...

Postar um comentário