E nós, com aquela cara de bunda

|
Poucas pessoas entenderam o que o Avaí foi fazer ontem à noite em Porto Alegre. Se havia algum interesse na Copa Sul-Minas-Rio, ela se desfez após a poupação de titulares para o confronto com o Internacional, o que foi seguida da escalação de reservas e garotos oriundos da base.
Não entendo de medicina esportiva, mas estranho que atletas profissionais apresentem fadiga muscular após seis jogos em 20 dias. Cinco pelo Estadual e um (até ontem) pela Primeira Liga. O fato é que Raul tinha a intenção de perder de pouco, contou com a "ajuda" de um goleiro apavorado, de uma zaga perdida, um meio sem combate e um ataque com William ainda gordo.
Não podia dar outra coisa, vitória Colorada por 3x0 sem muito esforço e Avaí lanterna da Sul-Minas-Rio. E nós grudados no tubo, assistindo tudo isso com aquela cara de bunda. Toca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário