Fala, Raul Cabral

|
"Estamos em montagem, com atletas jovens como o Gabriel, o Caio (César), o Chapecó, dos meninos, sabemos que temos que ter mais paciência em com eles em relação ao modelo de jogo, encaixe, a adaptação. Hoje o jogo foi bom, mas a equipe vai continuar oscilando, não vou enganar a torcida, as vezes para cima como hoje, as vezes para baixo como o primeiro tempo em Criciúma.
Temos que ter paciência para ir soltando os meninos aos poucos, e os atletas que estão chegando temos que ter equilibro por conta da parte física, não adianta soltar tudo de uma vez. Temos que tomar cuidado para não queimar ninguém.
A Ideia é que a equipe jogue, queremos propor uma situação de jogar com bola, quando tiver sem  ter pressão na marcação, mas quando tiver a bola não se livrar, valorizar, esperar o melhor momento de atacar. A gente sabe que é uma equipe jovem, vai errar em alguns momentos, vai acontecer, mas o mais importante é a personalidade dos atletas de quererem jogar.
Eles mostraram em Criciúma isso, mas faltou chegada na frente, hoje não faltou e tivemos um jogo melhor." Coletiva de Raul Cabral via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário