Que coisa feia, seo Wilfredo

|
"O clássico teve 3° tempo na sexta-feira. Em cima da hora, o Figueirense tentou mudar o destino do zagueiro Antônio Carlos da Ressacada para o Scarpelli. E foi quase no apito final da questão.
Pra se ter uma ideia, o jogador já estava no sul da ilha, nos corredores da Ressacada e a caminho da sala de imprensa, para a apresentação oficial à imprensa, quando recebeu um telefonema no seu celular com uma proposta tentadora para ir para o Scarpelli. O Figueirense ofereceu o dobro do que ele veio ganhar no Avaí, além da tentação de jogar a Série A.
Antônio Carlos travou com a ligação, mas seguiu seu caminho cumprindo o que estava acordado com o Avaí. Como se percebe, rivalidade e disputa estão em alta entre a dupla da capital - até nas negociações." Rodrigo Faraco, jornalista, para o Diário catarinense

2 comentários:

CESAR GARCIA disse...

RIVALIDADE?ISSO E CANALHICE PURA, MAS VINDO DE QUEM VEM NÃO SURPREENDE ESSE PRESIDENTE DOLADODELA SSANTA CATARINA JA CONHECE .E UM FANFARÃO DESONESTO.

Guilherme P. Flemming disse...

E o banana acredita no bom relacionamento...

Postar um comentário